Exportar registro bibliográfico

Estratificação vertical de marsupiais e roedores na floresta Atlântica do sul do Brasil (1998)

  • Autores:
  • Autor USP: VOLTOLINI, JULIO CESAR - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Assunto: ZOOLOGIA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Apesar de 50% das espécies de marsupiais e roedores descritos para a Floresta Atlântica apresentarem habilidade escansória, existem poucos dados publicados sobre as espécies arborícolas. No limite Sul da Floresta Atlântica (Estado de Santa Catarina), 1.24 indivíduos de três espécies de marsupiais (Gracilinanus microtarsus, Micoureus demerarae, Philander opossum) e treze espécies de roedores (Akodon montensis, Akodon nigrita, Delomys sublineatus, Nectomys squamipes, Oligoryzomys nigripes, Oryzomys nitidus, Oryzomys ratticeps, Oryzomys sp., Oxymycterus huspidus, Oxymycterus iheringi, Rhipidomys mastacalis, Wilfredomys pictipes, Nelomy dasythrix) foram capturados mensalmente ao nível do solo, no sub-bosque (2m) e no dossel (9.5m), durante quatro anos. Cinqüenta por cento das espécies (10 espécies) foram capturadas nos dois estratos superiores. Com exceção de Micoureus demerarae, todas as espécies capturadas nos dois estratos arbóreos (Oryzomys ratticeps, Wilfredomys pictipes, Nelomys dasythrix, Gracilnanus microtarsus, Rhipidomys mastacalis) são consideradas raras ou quase desconhecidas sobre a ecologia geral. Considerando apenas as capturas terrestres, Micoureus demerarae seria a oitava espécie mais abundante e utilizando os três estratos a mesma espécie foi a segunda mais abundante na comunidade. Portanto, estas espécies estão sendo subestimadas com respeito à riqueza e abundância relativa e futuras pesquisas sobre marsupiais e roedores acima do solotambém serão necessárias para compreender os reais padrões e processos ecológicos compartilhados por estas espécies e as espécies terrestres
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.03.1998

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VOLTOLINI, Júlio Cesar; VIVO, Mario de. Estratificação vertical de marsupiais e roedores na floresta Atlântica do sul do Brasil. 1998.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
    • APA

      Voltolini, J. C., & Vivo, M. de. (1998). Estratificação vertical de marsupiais e roedores na floresta Atlântica do sul do Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Voltolini JC, Vivo M de. Estratificação vertical de marsupiais e roedores na floresta Atlântica do sul do Brasil. 1998 ;
    • Vancouver

      Voltolini JC, Vivo M de. Estratificação vertical de marsupiais e roedores na floresta Atlântica do sul do Brasil. 1998 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021