Exportar registro bibliográfico

Repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia em Santa Cruz (Aracruz-ES) (1997)

  • Autores:
  • Autor USP: LONGO, LEILA DE LOURDES - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Assunto: ZOOLOGIA
  • Idioma: Português
  • Resumo: Estudos de comunidades bentônicas de substrato consolidade abordam, em sua maioria, levantamentos faunísticos e aspectos taxonômicos. Observa-se um aumento no interesse de se utilizar metodologia mais abrangente, que forneça maiores informações sobre a estrutura da comunidade. Nesse estudo pretendeu-se avaliar a composição, abundância e repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia, localizado na Estação de Biologia Marinha de Santa Cruz, Aracruz, Espírito Santo (20 graus S 40 graus'W). O arenito de praia apresenta escavações, denominadas aqui de poças-de-erosão, que constituiram a população amostral desse estudo. Foram sorteadas 30 unidades amostrais e utilizou-se o método dos contatos para registro do recobrimento, realizado a cada 2 meses, durante o período de maio-94 a fev-95, que resultou numa matriz em escala espaço-temporal, com 35 espécies e 180 unidades amostrais (30 unidades em 6 períodos de registros). Fez-se ainda, uma matriz de fatores ambientais. A partir de análise de classificação e ordenação, evidenciou-se a estratificação da área em dpois níveis conforme a quantidade de areia cobrindo o substrato. As espécies mais abundantes foram Palythoa caribaeorum (com médias de recobrimento entre 86,5% e 50,8%) e Zoanthus sociatus (com médias de recobrimento entre 21,63% e 4,62%)(Zoanthidae). Ocorreram em ambos os estratos, entretanto com variações na sua abundância, em que P. caribaeorum apresentou maiores valores de recobrimento em substratoconsolidadeo, e Z.sociatus esteve mais abundante em substrato arenoso. Outras espécies de Cnidaria foram registradas, porém com menor abundância e dispersão mais restrita, entre elas estão Zaonthus solanderi e Zoanthus nymphaeus (Zoanthidae), Bellactis ilkalyseae e Phyllactis flosculifera (Actiniidae), Discosoma carlgreni (Discosomatidae), Favia gravida (Faviidae) e Siderastrea stellata (Siderastreidae). A composição, abundância e dispersão dos organismos permaneceram estáveis ao longo do período de amostragem, não tendo sido detectadas variações sazonais, o que configura um ambiente caracteristicamente tropical. Esses resultados fornecem subsídios para futuros estudos de impacto ambiental em ambientes de arenito de praia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.12.1997

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LONGO, Leila de lourdes. Repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia em Santa Cruz (Aracruz-ES). 1997. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997. . Acesso em: 04 out. 2022.
    • APA

      Longo, L. de lourdes. (1997). Repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia em Santa Cruz (Aracruz-ES) (Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Longo L de lourdes. Repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia em Santa Cruz (Aracruz-ES). 1997 ;[citado 2022 out. 04 ]
    • Vancouver

      Longo L de lourdes. Repartição espaço-temporal da cnidofauna em arenito de praia em Santa Cruz (Aracruz-ES). 1997 ;[citado 2022 out. 04 ]


Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2022