Exportar registro bibliográfico

Proposição de classes de resistência para madeira (1996)

  • Autores:
  • Autor USP: SALES, ALMIR - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PCC
  • Assunto: ENGENHARIA CIVIL
  • Idioma: Português
  • Resumo: Este trabalho apresenta uma proposição de classes de resistência para madeiras nativas e para as cultivadas no Brasil. Foram utilizados valores de propriedades mecânicas de quarenta espécies nativas e de florestamento e, por meio de critérios estatísticos apropriados, estabeleceram-se classes de resistência para coniferas e dicotiledoneas. A partir dos resultados, foram definidas três classes para as coniferas e quatro classes para as dicotiledoneas. Esses resultados se constituem em importante subsídio para a revisão da NBR 7190 - norma brasileira para cálculo e execução de estruturas de madeira, principalmente no que se refere a especificação do material para a elaboração do projeto estrutural.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.06.1996

  • Como citar
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SALES, Almir; LAHR, Francisco Antonio Rocco. Proposição de classes de resistência para madeira. 1996.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996.
    • APA

      Sales, A., & Lahr, F. A. R. (1996). Proposição de classes de resistência para madeira. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Sales A, Lahr FAR. Proposição de classes de resistência para madeira. 1996 ;
    • Vancouver

      Sales A, Lahr FAR. Proposição de classes de resistência para madeira. 1996 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Biblioteca Digital de Produção Intelectual da Universidade de São Paulo     2012 - 2021