Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo da vitrectomia posterior via pars plana associada à cirurgia de facoemulsificação, imediata ou postergada, para tratamento de membrana epirretiniana e buraco macular - Análise das alterações do segmento anterior (2020)

  • Authors:
  • Autor USP: LUCENA, DAVID DA ROCHA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROT
  • Subjects: ACUIDADE VISUAL; CIRURGIA; CATARATA; CÓRNEA; ENDOTÉLIO; FACOEMULSIFICAÇÃO
  • Keywords: Acuidade visual; Cataract surgery; Cirurgia de catarata; Corneal endothelium; Corneal thickness; Densidade de células endoteliais; Endotélio corneano; Endothelial cell density; Espessura corneana; Facoemulsificação; Phacoemulsification; Visual acuity; Vitrectomia; Vitrectomy
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo: Dois planejamentos cirúrgicos (vitrectomia posterior via pars plana -VPP associada ou não à facoemulsificação - Faco, imediata ou postergada) foram comparados neste estudo clínico prospectivo para avaliar as diferenças na preservação da integridade do segmento anterior do olho após a cirurgia de catarata por facoemulsificação. Casuística e Métodos: Oitenta e dois pacientes (84 olhos) com buraco macular ou membrana epirretiniana sintomáticos submetidos à VPP foram randomizados para a cirurgia associada à Faco em mesmo tempo cirúrgico (Grupo cirurgia combinada: VPP + Faco) (n=42), ou em tempo cirúrgico diferente (Grupo cirurgia sequencial: VPP + Faco sequencial) (n=42). Os pacientes se submeteram a avaliações oftalmológicas no pré-operatório e no 1o, 3o, 6o, 9o e 12o meses de pós-operatório. A avaliação incluiu a melhor acuidade visual corrigida (MAVC) pela tabela de ETDRS (Early Treatment Diabetic Retinopathy Study), biomicroscopia de segmento anterior e posterior, mapeamento de retina, microscopia especular, paquimetria corneana, Tomografia de Coerência Óptica (OCT) e microperimetria. O desfecho primário foi a avaliação comparativamente das alterações do segmento anterior ao final de 12 meses de acompanhamento entre os dois grupos. Os desfechos secundários incluíram a análise comparativa em relação a densidade de células endoteliais (DCE), obtido pelo microscópio especular, a espessura central da córnea (ECC), obtida pela paquimetria, e o coeficiente de variabilidade do tamanho das células endoteliais (CV), obtido pela microscopia especular; análise comparativa da MAVC entre os dois grupos ao final de 12 meses; análise comparativa com relação ao erro refratométrico final; avaliar a incidência de complicações cirúrgicas do segmento anterior e posterior do globo ocular (traumas de íris, sinéquias posteriores, rotura de cápsulaposterior ou endoftalmite) em ambos os grupos; análise comparativa das variações da pressão intraocular entre os dois grupos e avaliar a ocorrência e progressão da catarata no grupo de cirurgia sequencial após 12 meses de seguimento. Os pacientes do grupo sequencial poderiam realizar a facoemulsificação até 12 meses após a vitrectomia, caso catarata significativa fosse detectada. Resultados: Setenta e oito pacientes (80 olhos) (40-Grupo cirurgia combinada e 40-Grupo cirurgia sequencial) completaram a visita de 12 meses. A média da DCE no pré-operatório e aos 12 meses foi de 2408.70 ± 56,60 e 2117.10 ± 77.74, respectivamente, no grupo combinado e 2472.85 ± 56,60 e 2105.67 ± 77.74, respectivamente, no grupo sequencial. Houve diminuição significativa na média da DCE em todas as visitas do estudo no grupo combinado (p<0.05) e após seis meses no grupo sequencial (p<0.05), sem diferença significativa entre os grupos em qualquer visita do estudo (p=0,707). A média da paquimetria (ECC) no pré-operatório e aos 12 meses foi de 533.93 ± 6.55 e 533.3 ± 6.51, respectivamente, no grupo combinado e 530.2 ± 6.55 e 522.23 ± 6.51, respectivamente, no grupo sequencial. E a média do CV no pré-operatório foi de 36.1 ± 1.49 % no grupo combinado e 34.6 ± 1.49 % no grupo sequencial, e no mês 12 foi de 32.18 ± 1.22 % no grupo combinado e 31.1 ± 1.22 % no grupo sequencial. Não houve diferenças significativas na ECC e CV entre os grupos ao final de 12 Resumo meses de seguimento. A média da acuidade visual (± SEM LogMAR BCVA) foi de 0,92 ± 0,04 e 0,90 ± 0,04 no início e melhorou significativamente para 0,60 ± 0,05 e 0,58 ± 0,05 no mês 12 (p<0,0001) nos grupos combinado e sequencial, respectivamente. Não houvediferença significativa entre os grupos na média de MAVC. Conclusões: O grupo VPP + facoemulsificação combinada apresentou taxas de redução de DCE, ECC e CV, valores de MAVC, equivalente esférico final, complicações no segmento anterior e variações da pressão intraocular em um ano semelhantes às do grupo VPP e Faco sequencial em pacientes com membrana epirretiniana e buraco macular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.10.2020
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LUCENA, David da Rocha; JORGE, Rodrigo. Estudo comparativo da vitrectomia posterior via pars plana associada à cirurgia de facoemulsificação, imediata ou postergada, para tratamento de membrana epirretiniana e buraco macular - Análise das alterações do segmento anterior. 2020.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2020. Disponível em: < https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-04012021-114619/ >.
    • APA

      Lucena, D. da R., & Jorge, R. (2020). Estudo comparativo da vitrectomia posterior via pars plana associada à cirurgia de facoemulsificação, imediata ou postergada, para tratamento de membrana epirretiniana e buraco macular - Análise das alterações do segmento anterior. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-04012021-114619/
    • NLM

      Lucena D da R, Jorge R. Estudo comparativo da vitrectomia posterior via pars plana associada à cirurgia de facoemulsificação, imediata ou postergada, para tratamento de membrana epirretiniana e buraco macular - Análise das alterações do segmento anterior [Internet]. 2020 ;Available from: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-04012021-114619/
    • Vancouver

      Lucena D da R, Jorge R. Estudo comparativo da vitrectomia posterior via pars plana associada à cirurgia de facoemulsificação, imediata ou postergada, para tratamento de membrana epirretiniana e buraco macular - Análise das alterações do segmento anterior [Internet]. 2020 ;Available from: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17150/tde-04012021-114619/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021