Exportar registro bibliográfico

Phylogenetic relationships and evolution of the musculoskeletal system of Polynemidae (Teleostei: Percomorphacea: Perciformes) (2019)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MIGLIAVACCA, PAULO PRESTI - MZ
  • Unidades: MZ
  • Subjects: PEIXES (CLASSIFICAÇÃO); OSTEICHTHYES; PERCIFORMES; POLYNEMIDAE
  • Language: Inglês
  • Abstract: Polynemidae é uma família de peixes primariamente marinhos, com oito gêneros e 42 espécies existentes. Sua posição filogenética dentro de Percomorphacea, bem como suas relações internas, são incertas visto que hipóteses altamente conflitantes foram propostas na literatura. Muitos aspectos da morfologia dos polinemídeos são amplamente desconhecidos, com poucos relatos na literatura sobre sua osteologia, quase nenhuma informação sobre sua miologia e nenhum estudo sobre a ontogenia de seu esqueleto. Este projeto teve como objetivo estudar diferentes aspectos do sistema musculoesquelético de Polynemidae e entender suas relações internas. A característica mais notável destes animais é a presença de uma nadadeira peitoral dividida em uma porção superior não modificada e uma porção inferior composta por raios altamente modificados em filamentos especializados. O presente estudo revelou que as principais massas musculares adutoras e abdutoras envolvidas nesta complexa arquitetura peitoral são completamente divididas em dois segmentos musculares, que servem separadamente os raios da nadadeira peitoral, dorsalmente, e os filamentos peitorais, ventralmente. Curiosamente, é aqui demonstrado que os filamentos peitorais recebem nervos maciços especializados em recepção gustativa, indicando que tais filamentos possuem não somente funções táteis, mas também gustativas. Diversas especializações únicas na musculatura mandibular, hiopalatina e branquial dos polinemídeos são relatadas pelaprimeira vez. Uma análise cladística abrangente, baseada em 162 caracteres morfológicos e em todos os gêneros de polinemídeos válidos, foi realizada e resultou em uma nova hipótese de relacionamento totalmente resolvida. Todos os gêneros foram recuperados como monofiléticos, exceto Polydactylus, que foi recuperado como polifilético. Por fim, um levantamento da esqueletogênese dos polinemídeos revela mudanças notáveis durante sua ontogenia, como o deslocamento do terceiro radial e a expansão do quarto radial, ambas transformações associadas à diferenciação dos filamentos peitorais. O padrão de ossificação \"saddle-like\" dos centros vertebrais 1-4 de polinemídeos é compartilhado apenas com os scianídeos, suportando a hipótese de um relacionamento mais próximo entre essas famílias
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.09.2019

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MIGLIAVACCA, Paulo Presti; SILVA, Alessio Datovo da. Phylogenetic relationships and evolution of the musculoskeletal system of Polynemidae (Teleostei: Percomorphacea: Perciformes). 2019.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2019. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/38/38131/tde-15102019-152959/ >.
    • APA

      Migliavacca, P. P., & Silva, A. D. da. (2019). Phylogenetic relationships and evolution of the musculoskeletal system of Polynemidae (Teleostei: Percomorphacea: Perciformes). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/38/38131/tde-15102019-152959/
    • NLM

      Migliavacca PP, Silva AD da. Phylogenetic relationships and evolution of the musculoskeletal system of Polynemidae (Teleostei: Percomorphacea: Perciformes) [Internet]. 2019 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/38/38131/tde-15102019-152959/
    • Vancouver

      Migliavacca PP, Silva AD da. Phylogenetic relationships and evolution of the musculoskeletal system of Polynemidae (Teleostei: Percomorphacea: Perciformes) [Internet]. 2019 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/38/38131/tde-15102019-152959/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2019