Exportar registro bibliográfico

Estudo dos efeitos da proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis na infecção do macrófago e identificação de seus possíveis ligantes. (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: PENã, MAURICIO SCAVASSINI - ICB
  • Unidade: ICB
  • Sigla do Departamento: BMP
  • Subjects: LEISHMANIA; MACRÓFAGOS; PROTEÍNAS RECOMBINANTES; PROTOZOA; VIRULÊNCIA
  • Keywords: Leishmania amazonensis; Phage Display GRP78; Leishmania amazonensis; Phage Display GRP78; LaLRR17; LaLRR17
  • Language: Português
  • Abstract: Leishmania spp. são protozoários parasitas transmitidos a vertebrados pela picada de insetos flebotomíneos fêmeas. Apresentam duas formas principais em seu ciclo de vida: promastigotas e amastigotas. Os promastigotas vivem no intestino do hospedeiro invertebrado. Os amastigotas vivem preferencialmente no interior de macrófagos, fagócitos profissionais capazes de destruir patógenos. Para isso, são capazes de burlar a atividade microbicida desses macrófagos, sobreviver e se multiplicar em seu interior. Essa capacidade se deve a diversas moléculas produzidas pelo parasita, denominadas fatores de virulência, que ajudam em sua internalizarão e proliferação na célula hospedeira. A proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis recebeu esse nome porque contém em sua região central seis repetições ricas em leucina (LRRs) e por seu gene se localizar no cromossomo 17. Os motivos LRR de diversos organismos estão normalmente envolvidos em interações proteicas. A LaLRR17 é expressa em promastigotas e amastigotas, e foi detectada no citoplasma do macrófago infectado. Parasitas superexpressores dessa proteína apresentaram aumento da infectividade in vitro. Acreditamos que a proteína LaLRR17 participa de interações com moléculas de macrófagos, e que essas interações estão associadas à virulência dessa proteína. No entanto, não eram conhecidas moléculas do macrófago interagiam com a LaLRR17. O Phage Display é uma técnica baseada na expressão de proteínas sintéticas nos capsídeos de fagosque tem sido utilizada para identificação de ligantes de proteínas. A aplicação do Phage Display sobre a LaLRR17 recombinante permitiu identificar potenciais ligantes dessa proteína no macrófago, e aliada a cromatografia de afinidade, apontou diversos candidatos que podem participar do aumento de virulência conferido pela LaLRR17, entre eles o mais promissor, GRP78 do macrófago, que tem papel efetivo na fagocitose da Leishmania mediada pela LaLRR17
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.01.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PENÃ, Mauricio Scavassini; CARBONI, Beatriz Simonsen Stolf. Estudo dos efeitos da proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis na infecção do macrófago e identificação de seus possíveis ligantes.. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-16042019-164753/ >.
    • APA

      Penã, M. S., & Carboni, B. S. S. (2018). Estudo dos efeitos da proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis na infecção do macrófago e identificação de seus possíveis ligantes. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-16042019-164753/
    • NLM

      Penã MS, Carboni BSS. Estudo dos efeitos da proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis na infecção do macrófago e identificação de seus possíveis ligantes. [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-16042019-164753/
    • Vancouver

      Penã MS, Carboni BSS. Estudo dos efeitos da proteína LaLRR17 de Leishmania (L.) amazonensis na infecção do macrófago e identificação de seus possíveis ligantes. [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42135/tde-16042019-164753/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020