Exportar registro bibliográfico

A experiência parental e o desenvolvimento do Self em crianças obesas (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: ANDRADE, MARCELA LANÇA DE - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: FAMÍLIA; OBESIDADE; CRIANÇAS; PSICANÁLISE DA CRIANÇA
  • Language: Português
  • Abstract: A Obesidade é uma doença multifatorial que tem aumentado em incidência nos últimos anos. Considerar a família no contexto da Obesidade é fundamental para a compreensão de sua etiologia e manutenção. Diante disso, este estudo objetivou compreender a maneira como os pais de crianças obesas experienciam sua parentalidade e associar essas vivências ao desenvolvimento do Self do filho. Esta é uma pesquisa clínico-qualitativa que utiliza as Narrativas Transferenciais como estratégia metodológica e a psicanálise winnicottiana como referencial teórico. Os participantes são 5 famílias compostas de pai, mãe e filho(a) diagnosticado(a) com Obesidade. Foram realizados um encontro com os pais, no início do processo, para a apresentação da pesquisa e coleta de dados demográficos; outro com pai e mãe, separadamente, em que alguns cartões selecionados do Teste de Apercepção Temática Infantil - forma animal (CAT-A) foram apresentados para que, a partir da visualização das figuras, eles falassem sobre a experiência de ser pai/mãe de seu filho(a). Com as crianças, os mesmos cartões do CAT-A usados com os pais foram apresentados, solicitando que contassem uma história sobre cada um deles. Os dados foram qualitativamente analisados pelo método de livre inspeção do material, apresentados na forma de Narrativas Transferenciais e interpretados seguindo o referencial da Psicanálise winnicottiana. Todos os aspectos éticos foram contemplados e os nomes e sobrenome apresentados são fictícios. A análisedas narrativas revelou que as crianças representam, por meio do engordar, a internalização dos conflitos familiares e a dificuldade na aquisição da autonomia. Pais e filhos demonstraram dificuldades para integrar os afetos no Self, principalmente os hostis projetando estes últimos no ambiente externo, por considerá-los ameaçadores para si mesmos e para o grupo familiar. As vivências parentais impactam diretamente no Self das crianças, pois os pais não conseguem auxiliar seus filhos no desenvolvimento da criatividade ao não se sentirem em condições de oferecer uma contenção firme e amorosa dos impulsos infantis, o que faria com que a espontaneidade pudesse existir sem ser sentida como um risco à harmonia familiar. Diante da necessidade de proteger o ambiente familiar, as diferenças entre os membros não são aceitas, pois seriam fontes eventuais de conflitos e colocariam em risco a manutenção do grupo. Sem possibilidades de diferenciação dos genitores, as crianças permanecem em uma relação de dependência com os pais e sentem-se pouco capazes de viverem no mundo externo, pois não podem contar com a criatividade para auxiliá-las nas dificuldades que surgirem. A capacidade simbólica não se desenvolve, pois o hipercontrole da agressividade não permite a separação da díade mãe e filho e a diferenciação entre eles. Cresce o receio nas crianças de que, ao romperem com a relação de dependência com seus pais, precisarão ser autônomas sem sentirem-se em condições para tal. As figurasparentais não podem ser introjetadas simbolicamente, mas apenas de uma maneira concreta: por meio da comida, a representação materna. A Obesidade infantil aparece como um sintoma para protegê-las do sentimento de que não podem existir verdadeiramente no mundo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.08.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANDRADE, Marcela Lança de; BARBIERI, Valeria. A experiência parental e o desenvolvimento do Self em crianças obesas. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59141/tde-20112018-104908/ >.
    • APA

      Andrade, M. L. de, & Barbieri, V. (2018). A experiência parental e o desenvolvimento do Self em crianças obesas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59141/tde-20112018-104908/
    • NLM

      Andrade ML de, Barbieri V. A experiência parental e o desenvolvimento do Self em crianças obesas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59141/tde-20112018-104908/
    • Vancouver

      Andrade ML de, Barbieri V. A experiência parental e o desenvolvimento do Self em crianças obesas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59141/tde-20112018-104908/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021