Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento e aplicação prática de shunt vascular temporário por punção: estudo experimental em porcos (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GORNATI, VITOR CERVANTES - FM
  • Unidades: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS VASCULARES; FERIMENTOS E LESÕES; DISPOSITIVOS E INSTRUMENTOS MÉDICOS
  • Keywords: Shunt vascular; Shunt vascular temporário; Temporary vascular shunt; Vascular access devices; Vascular shunt; Vascular surgical procedures; vascular system injury
  • Language: Português
  • Abstract: Os shunts vasculares temporários (SVT) são utilizados como uma técnica eficaz para reestabelecer rapidamente o fluxo sanguíneo em casos de lesão vascular com isquemia do membro ou órgão acometido, no qual a revascularização deverá ser postergada. Habitualmente, o SVT é inserido dentro dos cotos proximal e distal do vaso lesado através de uma abertura na pele, visando restaurar a perfusão e interromper a isquemia. O objetivo deste estudo é comparar a pressão arterial média (PAM em mmHg) e o fluxo sanguíneo (em ml/min) em dois modelos de SVT, um habitual e outro implantado por punção, bem como o tempo para a inserção destes dispositivos e suas patências primária e secundária. Realizamos experimentos em 30 suínos, somando 60 intervenções de revascularização arterial temporária dos membros posteriores: trinta SVT habituais e trinta por punção. Analisamos a PAM durante os procedimentos nos membros posteriores e o fluxo através dos dois tipos de SVT. A análise de fluxo mostrou uma diferença significativa entre os SVT testados (p=0,001), sendo menor no grupo SVT por punção. No entanto, o tempo decorrido (min) para inserção do SVT habitual foi maior do que o tempo para inserção do SVT por punção (15,32 ± 3,08 vs. 10,37 ± 1,7, p=0,001). Além disso, observamos uma recuperação da PAM nos membros submetidos aos dois tipos de SVT próxima à PAM sistêmica em 100% dos experimentos. Os resultados revelaram patência primária, secundária, e taxa de complicações similares entre os dois tipos de SVT. Concluímosque o fluxo foi menor no SVT por punção, mas a recuperação da PAM foi semelhante e com menor tempo de inserção do SVT por punção
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.10.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GORNATI, Vitor Cervantes; SILVA, Erasmo Simao da. Desenvolvimento e aplicação prática de shunt vascular temporário por punção: estudo experimental em porcos. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-15012019-100022/ >.
    • APA

      Gornati, V. C., & Silva, E. S. da. (2018). Desenvolvimento e aplicação prática de shunt vascular temporário por punção: estudo experimental em porcos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-15012019-100022/
    • NLM

      Gornati VC, Silva ES da. Desenvolvimento e aplicação prática de shunt vascular temporário por punção: estudo experimental em porcos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-15012019-100022/
    • Vancouver

      Gornati VC, Silva ES da. Desenvolvimento e aplicação prática de shunt vascular temporário por punção: estudo experimental em porcos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-15012019-100022/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020