Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Polifenóis não-extraíveis provenientes do guaraná (Paullinia cupana): caracterização por MALDi-TOF/TOF e avaliação do potencial e cinética de inibição da alfa-glicosidase (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: PINAFFI, ANA CLARA DA COSTA - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HNT
  • DOI: 10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854
  • Subjects: GUARANÁ; COMPOSIÇÃO QUÍMICA; BENZENO; ENZIMAS
  • Keywords: α-glicosidase; MALDi; Paullinia cupana; Polifenóis Não-Extraíveis
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Polifenóis não-extraíveis (NEPPs) são uma fração de polifenóis que não são extraídos da forma convencional por estarem associados à parede celular de produtos de origem vegetal. Um corpo crescente de estudos tem evidenciado seus potenciais efeitos benéficos, especialmente associados à saúde intestinal e interações com a microbiota. O guaraná (Paullinia cupana), fruto típico da biota amazônica, é conhecidamente rico em polifenóis da família dos flavanóis, mas ainda existe uma lacuna a respeito da fração de polifenóis não-extraíveis em sua composição. Objetivo: Caracterizar a fração de polifenóis não-extraíveis quanto a sua composição química, e avaliar sua potencial capacidade de inibição enzimática. Métodos: O guaraná em pó foi submetido a extração aquo-orgânica para obtenção da fração extraível, e o resíduo proveniente dessa extração foi submetido a hidrólise ácida e hidrólise básica para obtenção dos NEPPs. A capacidade redutora total (CRT) foi quantificada pelo método de Folin-Ciocalteu. A quantificação de taninos condensados foi realizada pelo método de Porter. A determinação do perfil de fenólicos foi realizada por HPLC-ECD e LC-MS para as frações extraíveis e hidrolisáveis, e MALDi-TOF/TOF para a fração condensada. Os testes enzimáticos foram realizados com base na cinética de estado estacionário. Os testes estatísticos foram realizados utilizando softwares Excel e SPSS. Resultados: O perfil de fenólicos para a fração extraível consiste na presença de catequina e epicatequina como componentes majoritários, com 5,45 ± 0,15 e 5,95 ± 0,22 mg/g de guaraná em pó (base seca), respectivamente, além de proantocianidinas B1 e B2 e trímero de tipo A.Já o perfil fenólico da fração não-extraível contém uma mistura complexa de monômeros como catequina, leucoantocianidina, cianidina e delfinidina. A fração NEPP também contém dímeros, trímeros, tetrâmeros e pentâmeros de flavanóis, tanto de tipo A quanto de tipo B, com alta variabilidade de grau de hidroxilação. O ensaio enzimático com α-glicosidase resultou em valores de IC50 de 9,504 e 1,624 µg EAG/mL para a fração extraível e a não-extraível, respectivamente. O modo de inibição para ambas as frações foi classificado como misto, com valores de Ki e K'i de 0,403 e 1,735 µg/mL para a fração extraível e 0,287 e 0,847 µg/mL para a fração não-extraível. Conclusões: A fração de polifenóis não-extraíveis possui composição variada e complexa quando comparada a fração extraível, e possui potencial de inibição de α-glicosidase que deve ser explorado de maneira mais aprofundada, uma vez que tal potencial é de interesse para o controle de doenças crônicas como o diabetes tipo 2.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.12.2018
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINAFFI, Ana Clara da Costa; TORRES, Elizabeth Aparecida Ferraz da Silva. Polifenóis não-extraíveis provenientes do guaraná (Paullinia cupana): caracterização por MALDi-TOF/TOF e avaliação do potencial e cinética de inibição da alfa-glicosidase. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854 > DOI: 10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854.
    • APA

      Pinaffi, A. C. da C., & Torres, E. A. F. da S. (2018). Polifenóis não-extraíveis provenientes do guaraná (Paullinia cupana): caracterização por MALDi-TOF/TOF e avaliação do potencial e cinética de inibição da alfa-glicosidase. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854
    • NLM

      Pinaffi AC da C, Torres EAF da S. Polifenóis não-extraíveis provenientes do guaraná (Paullinia cupana): caracterização por MALDi-TOF/TOF e avaliação do potencial e cinética de inibição da alfa-glicosidase [Internet]. 2018 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854
    • Vancouver

      Pinaffi AC da C, Torres EAF da S. Polifenóis não-extraíveis provenientes do guaraná (Paullinia cupana): caracterização por MALDi-TOF/TOF e avaliação do potencial e cinética de inibição da alfa-glicosidase [Internet]. 2018 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2019.tde-10012019-171854


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021