Exportar registro bibliográfico

Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: NAZARETH, MIGUEL BUSTAMANTE FERNANDES - FAU
  • Unidades: FAU
  • Sigla do Departamento: AUP
  • Subjects: FAVELAS; ESPAÇO URBANO; CIDADES; POLÍTICA URBANA; APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho trata, de modo específico, da apropriação do espaço na Vila Nova Jaguaré e, de modo geral, da forma como os processos de urbanização de favelas interferem na apropriação do espaço nesses assentamentos. Seu objetivo central é, portanto, descrever a apropriação do espaço verificada nessa favela recém-urbanizada, confrontando as teorias do pesquisador com o saber popular dos moradores sobre seu próprio lugar. Trata-se de uma aproximação a uma favela urbanizada, explorando essa nova realidade a partir de narrativas que articulam melhorias, oportunidades, conflitos e atividades que fazem parte de seu cotidiano. Em primeiro lugar, explora-se o contexto da formação do bairro do Jaguaré e da consolidação da Vila Nova Jaguaré, uma história marcada por diferentes períodos, em que a relação com o poder público, a organização dos moradores e o aspecto físico-urbanístico da Vila variaram muito. Em seguida, apresenta-se a apropriação das áreas livres na Vila Nova Jaguaré a partir de pesquisa de campo realizada entre2014 e 2017. Inicialmente, descreve-se as transformações que saltavam aos olhos do pesquisador e, depois, aprofunda-se a visão dos moradores sobre o momento atual do assentamento. Finalmente, confrontando posicionamentos individuais de moradores que situavam o momento atual entre avanços e impasses, observou-seque a favela urbanizada Vila Nova Jaguaré apresenta três narrativas principais. Ou seja, como a Vila Nova Jaguaré reúne novas condições de desenvolvimento, formalidade e institucionalidade juntamente com seus traços históricos de precariedade, informalidade, criminalidade e laços de vizinhança, dependendo do ponto de vista, pode ser considerada favela, comunidade ou bairro.Conclui-se, portanto, que, ao longo de sua consolidação, as melhorias urbanas e outras ações de reconhecimento de direitos sociais implantadas por parte do poder público não foram capazes de garantir a cidadania plena. A dimensão a que os moradores se referem como favela persiste, pois ela faz parte de seu processo de desenvolvimento,como se a urbanização da favela se desse simultaneamente à favelização do urbano
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAZARETH, Miguel Bustamante Fernandes; ZUQUIM, Maria de Lourdes. Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16137/tde-27062017-154902/ >.
    • APA

      Nazareth, M. B. F., & Zuquim, M. de L. (2017). Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16137/tde-27062017-154902/
    • NLM

      Nazareth MBF, Zuquim M de L. Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16137/tde-27062017-154902/
    • Vancouver

      Nazareth MBF, Zuquim M de L. Vila Nova Jaguaré entre favela, comunidade e bairro [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16137/tde-27062017-154902/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020