Exportar registro bibliográfico

Influência do tratamento de sementes e da disponibilidade de água na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: GADOTTI, CLAYTON APARECIDO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LPV
  • Subjects: CRESCIMENTO VEGETAL; DEFICIT HÍDRICO; PLÂNTULAS; RAIZ; SEMENTES; SOJA
  • Language: Português
  • Abstract: O tratamento de sementes pode promover alterações fisiológicas como maior tolerância à deficiência hídrica de plântulas de soja durante o estabelecimento no campo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do tratamento de sementes na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja em função da disponibilidade de água em dois momentos distintos, aos 7 e 12 dias após a semeadura (DAS). Foram realizados dois experimentos no setor de tecnologia de sementes da empresa BASF utilizando a variedade NA 5909 RG e os produtos Piraclostrobina, Fluxapiroxade, Mefentrifluconazole, Broflanilide, Bacillus amyloliquefaciens cepa MBI 600 e um polímero funcional. Os tratamentos foram semeados em bandejas com areia irrigada até 80% da capacidade de campo, sendo dispostas no interior de uma casa de vegetação inteiramente ao acaso. As bandejas foram pesadas diariamente para se medir a evapotranspiração, sendo irrigadas sempre que a evapotranspiração real (ETr) atingia 50% da evapotranspiração potencial da cultura (ETc) nas bandejas com deficiência hídrica e diariamente nas bandejas com manejo hídrico adequado. Foram determinadas as características morfológicas da parte aérea e das raízes das plântulas através do software WinRHIZO e posteriormente a massa de matéria seca. Os tratamentos influenciaram em características da arquitetura e crescimento das plântulas de soja, com respostas distintas com relação ao período avaliado em cada experimento. No experimento aos 7 DAS, o Broflanilideapresentou os maiores incrementos nas raízes e parte área nas condições sem e com deficiência hídrica. Por outro lado, no experimento aos 12 DAS, o Fluxapiroxade na condição sem deficiência hídrica e o Bacillus amyloliquefaciens cepa MBI 600 na condição com deficiência hídrica apresentaram as maiores respostas. A formulação de Mefentrifluconazole utilizada neste estudo no experimento aos 7 DAS em ambas condições hídricas e o Bacillus amyloliquefaciens cepa MBI 600 no experimento aos 12 DAS na condição sem deficiência hídrica apresentaram os menores valores. Os índices propostos para avaliar a performance média e agronômica das variáveis analisadas foram adequados para facilitar a interpretação dos resultados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.08.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GADOTTI, Clayton Aparecido; DOURADO NETO, Durval. Influência do tratamento de sementes e da disponibilidade de água na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja. 2018.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-03012019-173950/ >.
    • APA

      Gadotti, C. A., & Dourado Neto, D. (2018). Influência do tratamento de sementes e da disponibilidade de água na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-03012019-173950/
    • NLM

      Gadotti CA, Dourado Neto D. Influência do tratamento de sementes e da disponibilidade de água na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-03012019-173950/
    • Vancouver

      Gadotti CA, Dourado Neto D. Influência do tratamento de sementes e da disponibilidade de água na arquitetura e no crescimento de plântulas de soja [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11136/tde-03012019-173950/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021