Exportar registro bibliográfico

Padronização de valores ecocardiográficos de mensuração de átrio esquerdo em cães da raça Yorkshire Terrier (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: AMARAL, CRISTINA TORRES - FMVZ
  • School: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: AORTA; ECOCARDIOGRAFIA; CÃO YORSKSHIRE TERRIER
  • Keywords: Atrial function; Echocardiography; Left atrium; Yorkshire Terrier
  • Language: Português
  • Abstract: O Yorkshire Terrier é uma das raças com maior predisposição a doenças cardíacas congênitas e, principalmente, a doenças adquiridas como é o caso da doença mixomatosa da valva mitral (DMVM). Na literatura há apenas um trabalho estabelecendo para a raça os valores de referência ecocardiográficos de estudo de ventrículo esquerdo e de mensuração de aorta (Ao) e de átrio esquerdo (AE) por um método. É frequente observar que animais hígidos (sem doença cardiovascular) da raça em questão apresentem valores de relação átrio esquerdo/aorta (AE/Ao) aumentados, não sendo condizente com a avaliação subjetiva do exame ecocardiográfico realizado. A hipótese é de que os animais da raça Yorkshire Terrier apresentem valores ecocardiográficos diferenciados de mensuração do átrio esquerdo do que é considerado normal para as demais raças de pequeno porte e também para as escalas alométricas atualmente disponíveis para utilização na rotina clínica. Os objetivos do trabalho foram: determinar e padronizar valores de mensuração de AE, utilizando a relação AE/Ao, por meio da ecocardiografia, utilizando quatro métodos bidimensionais relatados na literatura e determinar e padronizar os valores de função atrial e volume atrial esquerdo, pelo método biplanar área-comprimento, em cães sadios da raça Yorkshire Terrier. Realizou-se estudo observacional e transversal com 50 cães adultos (acima de 15 meses e até sete anos) e clinicamente sadios da raça Yorkshire Terrier. Os animais foram submetidos àseguinte avaliação: mensuração de pressão arterial pelo método Doppler, exame físico, exame ecocardiográfico, exame eletrocardiográfico, exames laboratoriais (hematológico e bioquímico) e radiografias torácicas. Foram excluídos 13 animais diagnosticados com DMVM estágio B1. A mensuração da Ao foi feita por três métodos distintos, descritos pelos autores Rishniw, Hansson (método sueco) e Chetboul. O AE foi avaliado pelos três métodos e pela largura septo-lateral no corte longitudinal direito (método longitudinal). A determinação da área e do volume (máximo, pré-contração atrial e mínimo) do AE foi realizada no corte apical duas (2C) e quatro (4C) câmaras. Foram realizadas três determinações de cada parâmetro, avaliados nas diferentes fases do ciclo cardíaco, considerando-se a média dos valores obtidos. Os resultados principais da área e do volume atrial, com a média e o desvio padrão, foram: Vmáx 2185±690 mm3, Vpré 1390±431 mm3, Vmin 728±255 mm3, AAEmáx 4C 58,4±15 mm2/kg, AAEmáx 2C 53,4±12,2 mm2/kg, AAEpré 4C 141±35,2 mm2/kg, AAEpré 2C 38,9±9,6 mm2/kg, AAEmín 4C 27,2±5,82 mm2/kg, AAEmín 2C 26,2±6,63 mm2/kg. As relações AE/Ao encontradas foram: Rishniw 1,55±0,12, Chetboul 1,15±0,10 e longitudinal 1,75±0,15, que são semelhantes aos valores obtidos na literatura, e sueco 1,51±0,16, que é maior do que o relatado, sugerindo que a raça em questão apresente valores de mensuração de AE superiores quando utilizado estemétodo na avaliação. A única variável de função atrial que não apresentou diferença estatística quando comparada às faixas de peso foi a AAEpré. O método sueco apresentou concordância e melhor correlação positiva quando comparado aos demais. Não houve diferença estatística na comparação das relações AE/Ao com relação às faixas de peso previamente estabelecidas (<3kg, 3-4kg, >4kg)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.07.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMARAL, Cristina Torres. Padronização de valores ecocardiográficos de mensuração de átrio esquerdo em cães da raça Yorkshire Terrier. 2018. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-12112018-150322/. Acesso em: 02 jul. 2022.
    • APA

      Amaral, C. T. (2018). Padronização de valores ecocardiográficos de mensuração de átrio esquerdo em cães da raça Yorkshire Terrier (Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-12112018-150322/
    • NLM

      Amaral CT. Padronização de valores ecocardiográficos de mensuração de átrio esquerdo em cães da raça Yorkshire Terrier [Internet]. 2018 ;[citado 2022 jul. 02 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-12112018-150322/
    • Vancouver

      Amaral CT. Padronização de valores ecocardiográficos de mensuração de átrio esquerdo em cães da raça Yorkshire Terrier [Internet]. 2018 ;[citado 2022 jul. 02 ] Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-12112018-150322/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022