Exportar registro bibliográfico

Papel da hipóxia na ativação da imunidade inata e na progressão da doença renal crônica associada ao modelo de ablação renal de 5/6 (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: REMPEL, LISIENNY CAMPOLI TONO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: ANÓXIA (EFEITOS); INSUFICIÊNCIA RENAL CRÔNICA; SISTEMA IMUNE; ESTRESSE OXIDATIVO; IMUNIDADE (IMUNOLOGIA)
  • Keywords: Chronic kidney disease; Hypoxia; Innate immunity
  • Language: Português
  • Abstract: A hipóxia tecidual tem sido apontada como importante fator na patogênese da Doença Renal Crônica (DRC). No entanto, faltam evidências diretas de que a exposição prolongada à hipóxia tecidual inicie ou agrave a DRC. Nós testamos essa hipótese expondo cronicamente ratos normais e ratos com nefrectomia de 5/6 (Nx) à hipóxia. Além disso, investigamos se tal efeito da hipóxia envolveria a ativação da imunidade inata. Ratos Munich-Wistar machos adultos foram submetidos a Nx (n = 54) ou cirurgia simulada (Sham, n = 52). Vinte e seis ratos sham (S+nor) e 26 Nx (Nx+nor) permaneceram em normóxia, enquanto 26 ratos sham (S+hip) e 28 Nx (Nx+hip) foram mantidos em uma câmara de hipóxia normobárica (12% O2) por 8 semanas. Confirmamos a existência de hipóxia tecidual por imuno-histoquímica para Pimonidazol (Hypoxyprobe tm). A hipóxia foi confinada à área medular em S+nor e expandiu-se à área cortical em S+hip. A hipóxia não promoveu lesão renal nem elevação do conteúdo de IL-1beta ou TLR-4 em Sham. Em Nx, a hipóxia se estendeu para a área cortical, um processo que foi intensificado em Nx+hip, mas, inesperadamente, atenuou a hipertensão, a ativação da imunidade inata, a inflamação, a lesão renal e o estresse oxidativo. Em desacordo com os conceitos atuais, o presente estudo traz evidência de que a hipóxia pode exercer um efeito renoprotetor no modelo Nx, ao invés de atuar como um fator de lesão renal. Os mecanismos desse inesperado efeito benéfico não são claros, e podem envolver inibiçãoda via do NF-kB, melhora do estresse oxidativo e limitação da produção de angiotensina II pelo tecido renal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REMPEL, Lisienny Campoli Tono; ZATZ, Roberto. Papel da hipóxia na ativação da imunidade inata e na progressão da doença renal crônica associada ao modelo de ablação renal de 5/6. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-03012019-113209/ >.
    • APA

      Rempel, L. C. T., & Zatz, R. (2018). Papel da hipóxia na ativação da imunidade inata e na progressão da doença renal crônica associada ao modelo de ablação renal de 5/6. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-03012019-113209/
    • NLM

      Rempel LCT, Zatz R. Papel da hipóxia na ativação da imunidade inata e na progressão da doença renal crônica associada ao modelo de ablação renal de 5/6 [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-03012019-113209/
    • Vancouver

      Rempel LCT, Zatz R. Papel da hipóxia na ativação da imunidade inata e na progressão da doença renal crônica associada ao modelo de ablação renal de 5/6 [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5148/tde-03012019-113209/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021