Exportar registro bibliográfico

Experimentações no apoio matricial em saúde mental para crianças e adolescentes na atenção básica: a busca pela aprendizagem coletiva (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, POLIANA SILVA DE - EERP
  • Unidades: EERP
  • Subjects: SAÚDE MENTAL; ENFERMAGEM; SAÚDE DA FAMÍLIA; AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL
  • Keywords: Análise Institucional; Apoio Matricial; Enfermagem; Estratégia Saúde da Família; Family Health Strategy; Institutional Analysis; Matrix Support; Mental health; Nursing; Saúde Mental
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação parte da problemática da desarticulação entre as equipes de atenção básica e as equipes do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) com relação às crianças e adolescentes que necessitam de cuidados em saúde mental. Utiliza o Apoio Matricial (AM) como um dispositivo para desencadear processos de análise coletiva entre profissionais de saúde do campo da Atenção à Saúde Mental para Crianças e Adolescentes (SMCA) e aproximar os serviços de atenção primária e secundária. O objetivo geral deste estudo foi experienciar o Apoio Matricial em Saúde Mental com equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) em relação à saúde mental de crianças e adolescentes, segundo o referencial da Análise Institucional. Um dos objetivos específicos foi promover a discussão sobre o cuidado em saúde mental para esta população em articulação com o CAPS. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, apoiada nos conceitos da Socioclínica Institucional. A produção de dados ocorreu por meio de encontros de reflexão com trabalhadores de duas equipes da ESF e do CAPS de um município de pequeno porte do interior do Estado de São Paulo. Ao todo, participaram da pesquisa 18 profissionais, sendo distribuídos em dois grupos: A (8 participantes) e B (10 participantes), ambos com a participação de um profissional do CAPS. Foram realizados seis encontros de reflexão com o grupo A e cinco com o grupo B. Os encontros foram gravados em mídia digital e transcritos na íntegra. Além disso, a pesquisadoratambém realizou anotações em diário de campo. O material produzido foi analisado a partir dos princípios da Socioclínica Institucional e os resultados apresentados de acordo com os mesmos: análise da encomenda e das demandas; participação dos sujeitos no dispositivo; trabalho dos analisadores; análise das transformações que ocorrem à medida que o trabalho avança; aplicação de modalidades de restituição; intenção da produção de conhecimentos; atenção aos contextos e às interferências institucionais e trabalho das implicações primárias e secundárias, sendo também considerada a conexão existente entre eles. Dessa forma, apresentamos como resultado e discussão as reflexões realizadas com os profissionais participantes do dispositivo AM acerca do cuidado voltado à SMCA em suas áreas de abrangência, atentando para a problematização sobre o conceito de saúde mental e a identificação do cuidado pautado por diagnósticos psiquiátricos; solicitação da presença de psicólogos na ESF para suprir a demanda de usuários que têm algum tipo de sofrimento mental; o uso das tecnologias leves, como a escuta e os atravessamentos da divisão do trabalho, moldando o entendimento de que a prática de escutar é apenas trabalho do psicólogo; a pouca articulação entre as equipes da ESF e do CAPS com interferência de outros estabelecimentos na condução da coordenação do cuidado intersticial das crianças e adolescentes e, por fim, as relações estabelecidas entre a pesquisadora e o grupo, propiciandoalgumas transformações durante a pesquisa. Ressalta-se que as reflexões ocorridas promoveram a análise da prática realizada pela articulação dos trabalhadores com vistas à construção de um conhecimento coletivo. Essas considerações contribuem para processos e estudos acerca do Apoio Matricial em SMCA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.06.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Poliana Silva de; FORTUNA, Cinira Magali. Experimentações no apoio matricial em saúde mental para crianças e adolescentes na atenção básica: a busca pela aprendizagem coletiva. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22134/tde-05102018-193329/ >.
    • APA

      Oliveira, P. S. de, & Fortuna, C. M. (2018). Experimentações no apoio matricial em saúde mental para crianças e adolescentes na atenção básica: a busca pela aprendizagem coletiva. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22134/tde-05102018-193329/
    • NLM

      Oliveira PS de, Fortuna CM. Experimentações no apoio matricial em saúde mental para crianças e adolescentes na atenção básica: a busca pela aprendizagem coletiva [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22134/tde-05102018-193329/
    • Vancouver

      Oliveira PS de, Fortuna CM. Experimentações no apoio matricial em saúde mental para crianças e adolescentes na atenção básica: a busca pela aprendizagem coletiva [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22134/tde-05102018-193329/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020