Exportar registro bibliográfico

Revisão e análise filogenética do gênero Allominettia Hendel, 1925 (Diptera: Lauxaniidae) (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: FRARE, LIVIA MARIA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ENTOMOLOGIA; ZOOLOGIA (CLASSIFICAÇÃO); FILOGENIA
  • Keywords: Allominettia; Lauxaniidae; Phylogenetic Systematics; Sistemática Filogenética; Taxonomia; Taxonomy
  • Language: Português
  • Abstract: A família Lauxaniidae apresenta 1.894 espécies em 183 gêneros em todo o mundo e 367 espécies em 62 gêneros para a região Neotropical, dados que a colocam como uma das maiores famílias de dipteros acaliptrados, mas apesar disto, ainda é pouco estudada. Os adultos de Lauxaniidae são muito variáveis quanto à coloração, em geral são amarelados com marcas ou manchas escuras no corpo. As larvas são saprófagas e os adultos são encontrados em lugares úmidos e sombreados. Atualmente a família é dividida em três subfamílias, Homoneurinae, Eurychoromyinae e Lauxaniinae. Considerando a grande extensão da família, o gênero Allominettia Hendel, 1925 foi escolhido como foco deste estudo, cujos objetivos foram realizar sua revisão taxonômica e analisar as relações de parentesco entre as espécies do gênero, testando também sua monofilia. O gênero é parte da subfamília Lauxaniinae, A análise das relações de parentesco entre suas espécies e o teste de sua monofilia foram realizados pela comparação com um grupo externo, composto por cinco espécies da mesma subfamília, Griphoneura triangulata Hendel, 1925, Deutominettia pulchrifrons Hendel, 1925, Chaetominettia mactans Fabricius, 1794, Sapromyza albiceps Fallén, 1820 e Minettia fascista (Fallén, 1820) e de duas espécies de outras subfamílias, sendo Physegeniopsis albeto Gaimari e Silva, 2010, de Eurychoromyiinae e Homoneura (Homoneura) brevicornis (Kertész, 1913) de Homoneurinae. O material para o estudo foi obtido por empréstimo de museus nacionais e internacionais. As espécies de Allominettia foram identificadas, sendo redescritas aquelas já conhecidas, incluindo o maior número possível de características, podendo-se assim ampliar a descrição anterior, e as novas, descritas. Os resultados obtidos indicaram a monofilia de Allominettia apenas se Chaetominettia mactans e Deutominettia pulchrifrons estiveremincluídas em Allominettia. As análises das relações de parentesco entre as espécies do gênero resultaram em cinco árvores igualmente parcimoniosas e foi escolhida a árvore de consenso como hipótese dessas relações para as espécies de Allominettia. Os dados de morfologia acumulados durante o estudo foram utilizados para elaboração de uma chave de identificação de suas espécies
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.06.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRARE, Livia Maria; SILVA, Vera Cristina. Revisão e análise filogenética do gênero Allominettia Hendel, 1925 (Diptera: Lauxaniidae). 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-14122018-102645/ >.
    • APA

      Frare, L. M., & Silva, V. C. (2018). Revisão e análise filogenética do gênero Allominettia Hendel, 1925 (Diptera: Lauxaniidae). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-14122018-102645/
    • NLM

      Frare LM, Silva VC. Revisão e análise filogenética do gênero Allominettia Hendel, 1925 (Diptera: Lauxaniidae) [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-14122018-102645/
    • Vancouver

      Frare LM, Silva VC. Revisão e análise filogenética do gênero Allominettia Hendel, 1925 (Diptera: Lauxaniidae) [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-14122018-102645/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021