Exportar registro bibliográfico

Discordância e desaprovação em sala de aula: um estudo sobre a (não)utilização de estratégias atenuadoras em contexto bilíngue ítalo-brasileiro (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: BERTON, FRANÇA HELENA AMANDIO - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: BILINGUISMO; LÍNGUA PORTUGUESA; LÍNGUA ITALIANA; INTERLÍNGUA; LINGUAGEM; PRAGMÁTICA
  • Keywords: Atenuação; Desaprovação; Disagreement; Disapproval; Discordância; Politeness
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Nossa pesquisa visa a compreender como as relações pessoais se constroem por meio da linguagem. Para isso, consideramos o contexto social, cultural e interacional que, combinados de diferentes maneiras, moldam os pensamentos, as falas e as atitudes de cada indivíduo. Intentamos por meio da análise de interações autênticas explorar e evidenciar aspectos pragmáticos presentes no português brasileiro e no italiano que constituem e influenciam o fazer discursivo dos falantes em sala de aula. A partir da análise dos atos de fala discordância e desaprovação realizados por falantes bilíngues de italiano e português brasileiro em contexto escolar de uma escola bilíngue ítalo-brasileira no Brasil, a pesquisa evidencia (i) os componentes pragmáticos das duas línguas relacionados à cortesia verbal e, mais especificamente, ao uso de estratégias atenuadoras; (ii) se e em que medida foram realizadas estratégias atenuadoras na produção desses atos de fala por crianças bilíngues, em contexto ítalo-brasileiro, durante a interação em sala de aula e quais são os efeitos da sua (não) utilização; (iii) em que medida existem analogias e diferenças na utilização de procedimentos atenuadores em italiano e português. A coleta de dados foi realizada por meio de videogravações das aulas, de uma entrevista preliminar com as professoras e de um questionário para os alunos. A partir da análise dos dados, verificamos que as discordâncias em língua portuguesa apresentavam um número maior de procedimentosatenuadores em relação àquelas em língua italiana. Notamos que a utilização de procedimentos atenuadores nos atos de discordância em português objetivava a prevenção de conflitos interacionais e nas relações pessoais, logo, a atenuação relacionava-se à cortesia verbal em sala de aula. Nas discordâncias em língua italiana, verificamos que o uso de procedimentos atenuadores objetivava, além da prevenção, a reparação da ameaça à imagem do interlocutor e, algumas vezes, exercia a função de auto proteger o falante. Desse modo, a atenuação nem sempre estava relacionada à cortesia verbal. Além disso, nos atos de discordância em língua italiana observamos uma menor utilização de procedimentos atenuadores em relação as discordâncias produzidas em língua portuguesa. A ausência de atenuadores pode estar relacionada a uma tendência da língua italiana em realizar as discordâncias de forma imediata e direta, em sala de aula. A análise dos dados de desaprovação revelou um equilíbrio entre presença e ausência de estratégias atenuadoras nos atos realizados em ambas as línguas. A presença de táticas atenuadoras está relacionada à cortesia verbal, em que o ato intrinsecamente ameaçador da face (intrinsic Face-Threatening Act - intrinsic FTA) da desaprovação era suavizado, tentando evitar conflito na relação. Observou-se assim que, quando a desaprovação era feita de forma atenuada podia ser interpretada com um pedido e, quando era expressa sem o uso de atenuadores, aproximava-se de uma ordem.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.11.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERTON, França Helena Amandio; SANTORO, Elisabetta Antonietta Rita Maria Carmela. Discordância e desaprovação em sala de aula: um estudo sobre a (não)utilização de estratégias atenuadoras em contexto bilíngue ítalo-brasileiro. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-28062018-104826/ >.
    • APA

      Berton, F. H. A., & Santoro, E. A. R. M. C. (2017). Discordância e desaprovação em sala de aula: um estudo sobre a (não)utilização de estratégias atenuadoras em contexto bilíngue ítalo-brasileiro. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-28062018-104826/
    • NLM

      Berton FHA, Santoro EARMC. Discordância e desaprovação em sala de aula: um estudo sobre a (não)utilização de estratégias atenuadoras em contexto bilíngue ítalo-brasileiro [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-28062018-104826/
    • Vancouver

      Berton FHA, Santoro EARMC. Discordância e desaprovação em sala de aula: um estudo sobre a (não)utilização de estratégias atenuadoras em contexto bilíngue ítalo-brasileiro [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-28062018-104826/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021