Exportar registro bibliográfico

Storia, fiction, menzogna e apocalipse: alcune passeggiate nei boschi narrativi di Umberto Eco (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: VINCI, MARIA GLORIA - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLM
  • Subjects: LITERATURA ITALIANA; FICÇÃO (GÊNERO); APOCALIPSE
  • Keywords: Pós-modernidade; Postmodernità
  • Agências de fomento:
  • Language: Italiano
  • Abstract: A presente tese propõe-se como uma análise global da multifacetada obra, narrativa e não ficcional, de Umberto Eco, através da lente do Falso, facies mentirosa mas complementar da Verdade, contemplando todas as possíveis declinações.Vai-se, então, da questão da verdade/falsidade na literatura, ou melhor, da relação problemática entre os "mundos possíveis" da ficção e os mundos "verdadeiros" do mundo histórico de referência ao falso subversivo das imitações paródicas; da "força" do falso na História, desde sempre impregnada de mentiras e narrações fabulatórias mas errôneas, que influenciaram o curso de seus eventos, à simulação/dissimulação enganosa e desonesta da manipulação de documentos falsos, como também à psicologia paranóide dos complôs e à deliberada difusão de notícias e informações falsas pela mídia. Nesse sentido, a presente tese tem como objetivo sublinhar a relevância do trabalho echiano, tanto não-ficcional quanto narrativo, a maneira pela qual este solicita formas de reflexão e análise crítica de todo o horizonte da cultura ocidental e suas formas constitutivas, e, acima de tudo, destacar o confronto aberto e problemático que a obra echiana estabelece com a complexidade labiríntica, reticular, polimórfica das sociedades contemporâneas e a pluralidade de saberes que a constituem. O que toda a obra echiana postula e mantém viva e atual é a instância de uma literatura como uma forma de conhecimento e interpretação do mundo, a necessidade de reiterar comurgência a autonomia da linguagem literária (e não apenas) como produtora de espírito crítico, diferenciando-se da linguagem da comunicação que se origina apenas em si e inocula um novo conformismo pós-ideológico, aliás meta-ideológico. Além disso, com este trabalho pretendemos fornecer aos leitores brasileiros algumas chaves úteis para o acesso à obra echiana analisada como um todo (mas sem pretensão de exaustividade), um complexo sistema teórico semiótico-narratológico, com base no qual Eco constrói os dispositivos narrativos de seus sete romances, que são analisados em detalhes aqui. A presente tese configura-se, então, como uma monografia-ensaio sobre um dos mais importantes e reconhecidos intelectuais italianos da época contemporânea, que procura fornecer uma interpretação crítica abrangente de seu trabalho, estimulando sua divulgação para um público mais amplo de estudiosos e leitores brasileiros.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.11.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VINCI, Maria Gloria; DIAS, Mauricio Santana. Storia, fiction, menzogna e apocalipse: alcune passeggiate nei boschi narrativi di Umberto Eco. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-21052018-153557/ >.
    • APA

      Vinci, M. G., & Dias, M. S. (2017). Storia, fiction, menzogna e apocalipse: alcune passeggiate nei boschi narrativi di Umberto Eco. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-21052018-153557/
    • NLM

      Vinci MG, Dias MS. Storia, fiction, menzogna e apocalipse: alcune passeggiate nei boschi narrativi di Umberto Eco [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-21052018-153557/
    • Vancouver

      Vinci MG, Dias MS. Storia, fiction, menzogna e apocalipse: alcune passeggiate nei boschi narrativi di Umberto Eco [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8148/tde-21052018-153557/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020