Exportar registro bibliográfico

Estudo e desenvolvimento de sensores e dispositivos utilizando nanoestruturas alotrópicas de carbono (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, GUILHERME DE OLIVEIRA - FFCLRP
  • Unidades: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 591
  • Subjects: FÍSICA; SENSOR; NANOTECNOLOGIA; CARBONO
  • Keywords: Grafeno; Nanotubos de carbono |; Carbon nanotubes; Graphene; Sensors
  • Language: Português
  • Abstract: Um desafio central na área das ciências da saúde e biomédica tem sido o desenvolvimento de testes clínicos embasados em novas tecnologias que resultem em medidas precisas, com resultados consistentes mais rápidos que os convencionais, e ao menor custo possível. Os esforços atuais têm se concentrado em integrar a análise de materiais biológicos a componentes de circuitos integrados compatíveis com a indústria de semicondutores existente. Nesse contexto, esse trabalho apresenta duas contribuições a partir do uso de materiais nanoestruturados alótropos do carbono. Primeiramente, demonstramos como o desempenho de um sensor de pH embasado na tecnologia EGFET (Extended Gate Field Effect Transistor) pode ser controlado com a incorporação de grafenos, com diferentes graus de funcionalização, a eletrodos de FTO (Fluorine doped Tin Oxide). Os eletrodos de FTO foram modificados através da deposição dos materiais nanoestruturados de carbono via eletroforese. O desempenho dessas amostras como sensor de íons H+ mostrou dependência quanto ao tempo de deposição e composição tampão utilizado, tendo seu desempenho aumentado em ate 24%, atingindo uma sensibilidade máxima de 67 mV-pH-1 para tampão fosfato. A segunda contribuição desse trabalho trata-se da combinação das informações obtidas com um arranjo de dispositivos de NTFETs (Nanotubes Field Effect Transitors) decorados com nanopartículas metálicas e análise de discriminantes lineares, empregados na classificação de diferentes populações celulares. O método proposto foi capaz de identificar e classificar corretamente entre as linhagens de células cancerígenas B16 (melanoma), 3LL (carcinoma) e 3L4 (linfoma), além de distingui-las corretamente de suas contrapartes saudáveis. Adicionalmente, utilizamos esse conjunto de dados para classificar uma população celular desconhecida, demonstrando uma possível utilidadeclínica da metodologia desenvolvida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.07.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Guilherme de Oliveira; MULATO, Marcelo. Estudo e desenvolvimento de sensores e dispositivos utilizando nanoestruturas alotrópicas de carbono. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19022019-114903/ >.
    • APA

      Silva, G. de O., & Mulato, M. (2018). Estudo e desenvolvimento de sensores e dispositivos utilizando nanoestruturas alotrópicas de carbono. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19022019-114903/
    • NLM

      Silva G de O, Mulato M. Estudo e desenvolvimento de sensores e dispositivos utilizando nanoestruturas alotrópicas de carbono [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19022019-114903/
    • Vancouver

      Silva G de O, Mulato M. Estudo e desenvolvimento de sensores e dispositivos utilizando nanoestruturas alotrópicas de carbono [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59135/tde-19022019-114903/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020