Exportar registro bibliográfico

Avaliação da influência da umidade relativa da atmosfera de cura na carbonatação de materiais de fibrocimento (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FILOMENO, RAFAEL HENRIQUE - FZEA
  • Unidades: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZEB
  • Subjects: CARBONATAÇÃO; UMIDADE ATMOSFÉRICA; POLPA DE MADEIRA; MATERIAIS COMPÓSITOS
  • Language: Português
  • Abstract: A carbonatação acelerada é um processo químico que têm se tornado muito atrativa para a indústria do fibrocimento, por mitigar a degradação das fibras vegetais utilizadas nos materiais e por melhorar o desempenho físico-mecânico dos compósitos. Nesse contexto, o presente trabalho avaliou a influência da umidade no processo de carbonatação acelerada, em fibrocimentos reforçados com polpas celulósicas de eucalipto. Para o desenvolvimento das atividades experimentais foi realizado primeiramente um estudo da evolução da carbonatação nos compósitos de fibrocimento, considerando diferentes concentrações de umidade relativa (60, 70, 80 e 90%). Posteriormente, foi realizada a caracterização dos compósitos de fibrocimento por meio da avaliação do desempenho físico-mecânico, com ensaio mecânico de flexão em quatro pontos que determinou o módulo de ruptura (MOR), módulo elástico (MOE), limite de proporcionalidade (LOP) e energia específica (EE); e ensaios físicos para obtenção dos valores de absorção de água (AA), densidade aparente (DA) e porosidade aparente (PA). Os compósitos foram também avaliados quanto à durabilidade e microestrutura, através de ensaios de envelhecimento acelerado, composição mineralógica e análise microestrutural. A partir dos resultados obtidos, os compósitos carbonatados com 60% de umidade relativa apresentaram maior formação de carbonato de cálcio, maior densificação da matriz cimentícia e, consequentemente, menor quantidade de espaços vazios logo nasprimeiras horas de carbonatação. Em relação ao desempenho dos compósitos de fibrocimento, as umidades de 60 e 70% permitiram que a carbonatação proporcionasse maiores valores de MOR, LOP e MOE, diferindo estatisticamente dos demais compósitos. Os ensaios físicos complementaram os ensaios mecânicos, mostrando que os compósitos carbonatados com 60 e 70% de umidade apresentaram menores valores de AA e PA, junto de maiores valores de DA. O processo de carbonatação acelerada foi favorecido pelas menores concentrações de umidade relativa, como apresentado também pelas análises de TG e DRX, que permitiram que o processo acontecesse de forma mais efetiva, melhorando a interface fibra-matriz
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.08.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FILOMENO, Rafael Henrique; ROSSIGNOLO, João Adriano; SAVASTANO JÚNIOR, Holmer. Avaliação da influência da umidade relativa da atmosfera de cura na carbonatação de materiais de fibrocimento. 2018.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74133/tde-20112018-104011/ >.
    • APA

      Filomeno, R. H., Rossignolo, J. A., & Savastano Júnior, H. (2018). Avaliação da influência da umidade relativa da atmosfera de cura na carbonatação de materiais de fibrocimento. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74133/tde-20112018-104011/
    • NLM

      Filomeno RH, Rossignolo JA, Savastano Júnior H. Avaliação da influência da umidade relativa da atmosfera de cura na carbonatação de materiais de fibrocimento [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74133/tde-20112018-104011/
    • Vancouver

      Filomeno RH, Rossignolo JA, Savastano Júnior H. Avaliação da influência da umidade relativa da atmosfera de cura na carbonatação de materiais de fibrocimento [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74133/tde-20112018-104011/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020