Exportar registro bibliográfico

A conciliação das ideias do cálculo com o currículo da educação básica: o raciocínio covariacional (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: ORFALI, FABIO - FE
  • Unidade: FE
  • Subjects: CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL; ENSINO E APRENDIZAGEM; CURRÍCULO DE ENSINO MÉDIO; EDUCAÇÃO ESCOLAR BÁSICA
  • Keywords: Cálculo Diferencial e Integral; ensino e aprendizagem; currículo de Ensino Médio; educação escolar básica; ideias fundamentais; raciocínio covariacion; Differential and Integral Calculus; teaching and learning; high school curriculum; K-12 education; fundamental ideas; covariational reasoning
  • Language: Português
  • Abstract: A ausência do Cálculo Diferencial e Integral no currículo do Ensino Médio no Brasil, diferentemente do que acontece em outros países, constituiu-se na motivação original para este trabalho. Considerando as finalidades mais gerais da escola básica apresentadas nos documentos oficiais, mostramos o aporte que o ensino de Cálculo pode conduzir à formação de nossos jovens, favorecendo uma visão mais integrada das disciplinas e o desenvolvimento da capacidade de compreender e interpretar fenômenos. Trazer o estudo do Cálculo para a escola básica, porém, não pode significar uma antecipação do que é feito nos cursos universitários, como acontecia no Brasil há algumas décadas. Pelo contrário, a abordagem deve se basear nas ideias fundamentais do Cálculo, como variação, aproximação e proporcionalidade, que já estão presentes no programa da escola básica. Para tanto, apresentamos o raciocínio covariacional, definido como o conjunto de atividades cognitivas envolvidas na análise coordenada das variações de duas grandezas interdependentes. Construindo uma trajetória que começa nas séries iniciais, chega às grandezas proporcionais, perpassa todo o estudo das funções e se estende até o final do Ensino Médio, mostramos que o modelo representado pelo raciocínio covariacional pode nortear o processo de fortalecimento das ideias do Cálculo no currículo da escola básica. Para ter uma noção do cenário atual, avaliamos o nível de raciocínio covariacional de 66 alunos recém-formados no EnsinoMédio brasileiro, aprovados em um competitivo exame seletivo para ingresso na universidade. A enorme dispersão dos resultados indicou a pouca consistência do atual programa de nossa escola básica em relação ao desenvolvimento do raciocínio covariacional. Aproveitando o estudo realizado, extrapolamos o contexto da escola básica para avaliar a relação entre o nível inicial de raciocínio covariacional dos alunos e seu desempenho na disciplina de Cálculo na universidade. Os resultados sinalizam para o efeito positivo que um trabalho mais efetivo com o raciocínio covariacional pode ter no enfrentamento das dificuldades vividas por alunos e professores nas disciplinas de Cálculo do ensino superior
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.09.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ORFALI, Fabio; MACHADO, Nilson Jose. A conciliação das ideias do cálculo com o currículo da educação básica: o raciocínio covariacional. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-05112018-161520/ >.
    • APA

      Orfali, F., & Machado, N. J. (2017). A conciliação das ideias do cálculo com o currículo da educação básica: o raciocínio covariacional. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-05112018-161520/
    • NLM

      Orfali F, Machado NJ. A conciliação das ideias do cálculo com o currículo da educação básica: o raciocínio covariacional [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-05112018-161520/
    • Vancouver

      Orfali F, Machado NJ. A conciliação das ideias do cálculo com o currículo da educação básica: o raciocínio covariacional [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-05112018-161520/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020