Exportar registro bibliográfico

Drogas modificadoras do curso da doença no tratamento da Artrite Reumatoide: sintéticos combinados versus agentes biológicos: revisão sistemática e estudo econômico (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: KIYOMOTO, HENRY DAN - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPS
  • Subjects: METOTREXATO; FÁRMACOS IMUNOSSUPRESSORES; FATORES BIOLOGICOS; CUSTOS DOS CUIDADOS DE SAÚDE; CUSTOS DE MEDICAMENTOS; ANÁLISE DE DADOS; ECONOMIA DA SAÚDE; SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE; ASSISTÊNCIA À SAÚDE
  • Keywords: Arthritis rheumatoid; Biological factors; Chloroquine; Costs and cost analysis; Etanercept; Health economics; Unified health system
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A Artrite Reumatóide (AR) é caracterizada pelo aspecto inflamatório crônico articular e é a doença autoimune mais comum em todo o mundo. A categoria de medicamentos modificadores do curso da doença (MMCD) é dividido em dois grupos, sintéticos e biológicos. Há controversos estudos em relação a comparação entre estas alternativas, principalmente, devido ao elevado custo dos biológicos. O objetivo deste estudo foi realizar uma avaliação econômica do tratamento da AR, comparando a terapia combinada de MMCD sintéticos versus MMCD biológicos, utilizando de dados da literatura e de custo na perspectiva do SUS. MÉTODOS: Foi realizado uma revisão sistemática com metanálise das bases Medline e Embase os ensaios clínicos randomizados(ECR) que fizeram comparação direta entre o uso de MMCD sintéticos versus os MMCD biológicos. A remissão foi considerada para DAS28 < 2,6. Os itens que compõe o custo seguiram a diretrizes do Ministério da Saúde do Brasil e os valores foram recuperados da tabela do Sistema de Informação Ambulatorial do SUS, e do Sistema de Gerenciamento da Tabela de Procedimentos, Medicamentos e OPM do SUS, dados do ano 2016/2017. RESULTADOS: Foram incluídos 6 ECR. No seguimento de até 6 meses o RR=0,70 (IC95% 0,57 a 0,85) a favor dos biológicos. No seguimento entre 12 a 24 meses não houve diferença estatisticamente significante, RR=0,91 (IC95% 0,80 a 1,05). Um ano do tratamento com MMCDs combinado custa Robtida pelo uso de DMARD sintéticos ou por Agentes Biológicos. Análise de custo-minimização mostrou que uma economia substancial a cada mês evitado de uso dos MMCD biológicos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.08.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KIYOMOTO, Henry Dan; NOBRE, Moacyr Roberto Cuce. Drogas modificadoras do curso da doença no tratamento da Artrite Reumatoide: sintéticos combinados versus agentes biológicos: revisão sistemática e estudo econômico. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-31102018-135327/ >.
    • APA

      Kiyomoto, H. D., & Nobre, M. R. C. (2018). Drogas modificadoras do curso da doença no tratamento da Artrite Reumatoide: sintéticos combinados versus agentes biológicos: revisão sistemática e estudo econômico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-31102018-135327/
    • NLM

      Kiyomoto HD, Nobre MRC. Drogas modificadoras do curso da doença no tratamento da Artrite Reumatoide: sintéticos combinados versus agentes biológicos: revisão sistemática e estudo econômico [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-31102018-135327/
    • Vancouver

      Kiyomoto HD, Nobre MRC. Drogas modificadoras do curso da doença no tratamento da Artrite Reumatoide: sintéticos combinados versus agentes biológicos: revisão sistemática e estudo econômico [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5137/tde-31102018-135327/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021