Exportar registro bibliográfico

Avaliação da imunogenicidade de diferentes formas alélicas da proteí­na recombinante PvAMA-1expressa em Pichia pastoris: impacto da diversidade antigênica (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: BRANCO, JULIANA INÊS - FCF
  • School: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: PLASMODIUM; IMUNOGENICIDADE DA VACINA
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: A malária é um problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Em 2016, o número de casos estimado pela Organização Mundial de Saúde foi de 216 milhões. Plasmodium falciparum é a espécie mais prevalente e responsável pelo maior número de mortes no mundo, sobretudo no continente africano. Por outro lado, o Plasmodium vivax é conhecido por sua ampla distribuição geográfica, sendo a espécie que predomina nas Américas, incluindo o Brasil. Nos últimos 20 anos, nosso grupo tem gerado e caracterizado diversas proteínas recombinantes baseadas em antígenos imunodominantes de P. vivax que podem servir como base para o desenvolvimento de uma vacina contra malária. Entre os antígenos de merozoítas, uma das principais proteínas em estudo pelo nosso grupo é o Antígeno 1 de Membrana Apical de P. vivax (PvAMA-1), caracterizado previamente como altamente imunogênico em infecções naturais e em camundongos imunizados, na presença de diferentes adjuvantes. O objetivo do presente estudo foi investigar o efeito da diversidade antigênica dessa proteína no reconhecimento por anticorpos específicos e na indução de imunidade contra o parasita. Para isso, foram geradas seis novas proteínas representando diferentes alelos descritos na natureza: PvAMA-1-Belem, PvAMA-1-Sal-I, PvAMA-1-Chesson-I, PvAMA-1-SK0814-apical, PvAMA-1-Indonesia-XIX e PvAMA-1-PNG_62_MU. As proteínas recombinantes foram expressas em leveduras Pichia pastoris e purificadas em duas etapas cromatográficas. Em seguida, as imunizações em camundongos C57BL/6 foram realizadas com as proteínas administradas de forma isolada, ou em combinação, na presença do adjuvante agonista de TLR3 (Poly I:C). Por ELISA, observamos que todas as formulações foram capazes de induzir anticorpos IgG contra as proteínas homólogas e heterólogas, o que sugere que a diversidade antigênica entre as formas alélicas não compromete o reconhecimento.Os dados gerados no presente trabalho sugerem que uma formulação contendo mistura de diferentes alelos representando a proteína AMA-1 pode ser explorada para o desenvolvimento de uma vacina de ampla cobertura contra o P. vivax.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.09.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BRANCO, Juliana Inês; SOARES, Irene da Silva. Avaliação da imunogenicidade de diferentes formas alélicas da proteí­na recombinante PvAMA-1expressa em Pichia pastoris: impacto da diversidade antigênica. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9142/tde-12112018-145334/ >.
    • APA

      Branco, J. I., & Soares, I. da S. (2018). Avaliação da imunogenicidade de diferentes formas alélicas da proteí­na recombinante PvAMA-1expressa em Pichia pastoris: impacto da diversidade antigênica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9142/tde-12112018-145334/
    • NLM

      Branco JI, Soares I da S. Avaliação da imunogenicidade de diferentes formas alélicas da proteí­na recombinante PvAMA-1expressa em Pichia pastoris: impacto da diversidade antigênica [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9142/tde-12112018-145334/
    • Vancouver

      Branco JI, Soares I da S. Avaliação da imunogenicidade de diferentes formas alélicas da proteí­na recombinante PvAMA-1expressa em Pichia pastoris: impacto da diversidade antigênica [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9142/tde-12112018-145334/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022