Exportar registro bibliográfico

Suplementação de glicerina na dieta de equinos (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: MAZZO, HORTENCIA CAMPOS - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VNP
  • Subjects: COMPORTAMENTO; DIGESTIBILIDADE; EQUINOS; DIETA ANIMAL; SUPLEMENTOS ALIMENTARES PARA ANIMAIS
  • Keywords: Behavior; Digestibility; Equine; Fermentabilidade; Fermentability; Glicerol; Glycerol
  • Language: Português
  • Abstract: A glicerina, na alimentação, pode ser considerada uma boa fonte energética. Assim, sua utilização como substituta em parte de grãos e outros alimentos ricos em amido é amplamente estuda já que esses alimentos podem causar alterações metabólicas e digestivas quando em alto consumo. Neste estudo, objetivou-se comparar níveis de adição de glicerina na dieta de equinos. Foram utilizados oito pôneis machos, castrados, da raça Mini-Horse, com idade aproximada de 9 anos ± 6 meses, peso corporal médio de 149,80 ± 17,20 kg e escore corporal médio de 5,4 ± 0,7. Os animais foram alojados em baias individuais. Adotou-se consumo diário individual de 1,75% do peso corporal (PC), sendo 1% do PC em matéria seca (MS) proveniente do volumoso e 0,75% do PC em MS do concentrado, com proporção 60:40 (volumoso:concentrado). O delineamento experimental utilizado foi o quadrado latino duplo 4 x 4 contemporâneos. As dietas diferiram quanto ao nível de inclusão de glicerina (0, 4, 8 e 12%) que foram calculados com relação á porcentagem de concentrado fornecidos por animal. As avaliações foram realizada em quatro períodos, sendo 14 dias de adaptação à dieta, 5 dias de coleta total de fezes (CTF) e 2 semanas de intervalo entre os períodos. Avaliou-se a digestibilidade aparente total dos nutrientes e fermentabilidade da glicerina a partir da CTF, por meio das análises de respostas glicêmicas, insulinêmicas, ácido graxos da cadeia curta, ácidos graxos não esterificados (NEFA) e pH das fezes.Também foram realizadas análises de segurança e aceitabilidade que se constituiu de análises de função hepática e renal, triglicerídeos, colesterol e frações além da avaliação do comportamento alimentar dos animais. Além de análise de implicações econômica a partir da simulação de substituição do milho pela glicerina bruta. Os dados foram submetidos à análise pelo programa Statistical Analysis System (SAS Institute Inc., 2010). Para os resultados significativos, foi utilizado o teste de Tukey com P<0,05. Não houve diferenças entre os tratamentos em nenhuma das análises realizadas (P<0,05). A glicerina se mostrou palatável e com aceitabilidade. A substituição de milho por glicerina, mesmo em valores de 1%, representa economicamente 0,42% de ganho. A suplementação de glicerina bruta na dieta de equinos se apresenta como segura não afetando o comportamento alimentar, a higidez e a saúde digestiva dos animais, possuindo justificativa econômica para uso
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.03.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAZZO, Hortencia Campos; GOBESSO, Alexandre Augusto de Oliveira. Suplementação de glicerina na dieta de equinos. 2018.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-03082018-153431/ >.
    • APA

      Mazzo, H. C., & Gobesso, A. A. de O. (2018). Suplementação de glicerina na dieta de equinos. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-03082018-153431/
    • NLM

      Mazzo HC, Gobesso AA de O. Suplementação de glicerina na dieta de equinos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-03082018-153431/
    • Vancouver

      Mazzo HC, Gobesso AA de O. Suplementação de glicerina na dieta de equinos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10135/tde-03082018-153431/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021