Exportar registro bibliográfico


Metrics:

(Des)enCAPSulando: os agentes comunitários de saúde e o cuidado da pessoa com transtorno mental (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: TANIGUCHI, TALITA GOMES - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105
  • Subjects: ASSISTÊNCIA (COMPORTAMENTO SOCIAL); CENTROS COMUNITÁRIOS DE SAÚDE MENTAL; ESTRATÉGIA POLÍTICA; REFORMA PSIQUIÁTRICA; SAÚDE MENTAL; SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE; TRANSTORNOS MENTAIS; ASSISTÊNCIA À SAÚDE; FATORES PSICOSSOCIAIS
  • Keywords: Agente Comunitário de Saúde; Centro de Atenção Psicossocial; Estratégia Saúde da Família
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A reforma psiquiátrica e a desinstitucionalização objetivam um tratamento em saúde mental de base territorial. Alinhados a uma proposta de saúde baseada na descentralização, temos no Brasil o Sistema Único de Sáude (SUS) e a Estratégia Saúde da Família (ESF), que tem no Agente Comunitário de Saúde (ACS), o profissional mais próximo do território, casa e rotina destes usuários. Objetivo: identificar aspectos que influenciam o atendimento de pessoas com transtornos mentais pelos Agentes Comunitários de Saúde, a partir de suas experiências. Métodos: Foram realizadas 4 sessões de grupos focais com o total de 27 ACS de 4 Unidade Saúde da Família (USF) diferentes. Um roteiro semi estruturado norteou as discussões que tiveram seus áudios gravados, transcritos, categorizados por temas e analisados através da metodologia de análise de conteúdo, proposta por Bardin. Resultados: Foram identificadas sete categorias temáticas: articulação e construção da rede; acolhimento, acompanhamento e orientação dos pacientes; educação permanente; respaldo, reconhecimento e estrutura; medo; visão antimedicamentosa; e responsabilidade das famílias. Como aspectos que dificultam o atendimento dos casos de transtorno mental, identificamos um processo falho de cadastramento dos casos, o que facilita a desestabilização do quadro; casos em crise que colocam o ACS em situação de risco; falta de apoio matricial e trabalho em rede.Como aspectos que facilitam o atendimento dos casos de transtorno mental, apareceram a visita compartilhada e educação permanente. Como propostas de enfrentamento, no ambiente da ESF foram propostas: reuniões semanais de equipe; vagas para casos de demanda espontânea; e prontuário da casa, mas com cadastro de cada indivíduo. Também enquadramos aspectos referentes à integração com outros equipamentos de saúde, como aumentar o número de visitas compartilhadas e implantar o apoio matricial. E por fim, as propostas relacionadas à reunião de rede intersetorial, que iria ao encontro da educação permanente. Conclusão: Olhar para o contexto das ações, pensar em inserção social através da reabilitação psicossocial e promover tratamento territorial em saúde mental, continua sendo um desafio. Apesar do distanciamento que ainda existe entre as políticas públicas e as práticas no SUS, as propostas de enfrentamento podem colaborar para a efetivação de um SUS com maior qualidade.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.09.2018
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TANIGUCHI, Talita Gomes; ZIONI, Fabiola. (Des)enCAPSulando: os agentes comunitários de saúde e o cuidado da pessoa com transtorno mental. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < https://doi.org/10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105 > DOI: 10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105.
    • APA

      Taniguchi, T. G., & Zioni, F. (2018). (Des)enCAPSulando: os agentes comunitários de saúde e o cuidado da pessoa com transtorno mental. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://doi.org/10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105
    • NLM

      Taniguchi TG, Zioni F. (Des)enCAPSulando: os agentes comunitários de saúde e o cuidado da pessoa com transtorno mental [Internet]. 2018 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105
    • Vancouver

      Taniguchi TG, Zioni F. (Des)enCAPSulando: os agentes comunitários de saúde e o cuidado da pessoa com transtorno mental [Internet]. 2018 ;Available from: https://doi.org/10.11606/D.6.2018.tde-18102018-083105

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021