Exportar registro bibliográfico

A antinomia da teoria do conhecimento de Schopenhauer (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, KATIA CILENE DA SILVA - FFLCH
  • Unidades: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLF
  • Subjects: FILOSOFIA CONTEMPORÂNEA; TEORIA DO CONHECIMENTO; METAFÍSICA
  • Keywords: Antinomia da faculdade de conhecimento; Antinomy of the faculty of knowledge
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho versa sobre a antinomia da faculdade de conhecimento, também conhecida como paradoxo de Zeller, que Schopenhauer refere no primeiro livro de O mundo como Vontade e representação. Essa questão tem sido bastante discutida na história do pensamento schopenhaueriano e permanece ainda hoje como um problema em aberto. Desde os primeiros leitores de Schopenhauer, a antinomia da faculdade de conhecimento foi apontada como um problema de solução difícil, quando não impossível, e explicada de maneiras diversas. Algumas vezes, apontou-se a heterogeneidade das teorias sobre as quais o pensamento schopenhaueriano se ergue; em outras, a antinomia foi atribuída a erros de interpretação da filosofia kantiana; por vezes, remeteram-na a um dualismo em que se chocam materialismo e idealismo, ou realismo e idealismo, e há ainda outras visões. Nesta tese, propomos uma interpretação alternativa, que toma as dificuldades da filosofia schopenhaueriana como constitutivas, e, sem pretender justificá-la nem impugná-la, busca sua compreensão a partir das questões teóricas com as quais o filósofo se defrontou. Como resultado, encontramos que Schopenhauer evidencia a insuficiência tanto do idealismo quanto do realismo para a explicação completa e correta do mundo, bem como a mútua exigência entre ambos. A complementaridade entre os pontos de vista opostos do idealismo e do realismo impõe que sejam articulados, embora sua combinação origine os diversos problemas presentes na obraschopenhaueriana, entre os quais está a antinomia da faculdade de conhecimento. Adicionalmente, analisamos outras questões e dificuldades que surgiram no pensamento de Schopenhauer, algumas mencionadas pelo filósofo, outras não
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Katia Cilene da Silva; BRANDÃO, Eduardo. A antinomia da teoria do conhecimento de Schopenhauer. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-24102017-124238/ >.
    • APA

      Santos, K. C. da S., & Brandão, E. (2017). A antinomia da teoria do conhecimento de Schopenhauer. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-24102017-124238/
    • NLM

      Santos KC da S, Brandão E. A antinomia da teoria do conhecimento de Schopenhauer [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-24102017-124238/
    • Vancouver

      Santos KC da S, Brandão E. A antinomia da teoria do conhecimento de Schopenhauer [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8133/tde-24102017-124238/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020