Exportar registro bibliográfico

Estudo comparativo do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular em defeitos oncológicos nas reconstruções de cabeça e pescoço imediata e de resgate (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ALVES, HéLIO RICARDO NOGUEIRA - FM
  • School: FM
  • Sigla do Departamento: MCG
  • Subjects: CABEÇA; PESCOÇO; MICROCIRURGIA; CIRURGIA PLÁSTICA; ONCOLOGIA; NEOPLASIAS DE CABEÇA E PESCOÇO; REABILITAÇÃO
  • Keywords: Head; Microsurgery; Neck; Surgery plastic
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A reconstrução de cabeça e pescoço é desafiadora por ser região exposta e por abrigar funções essenciais à vida. Apesar de existirem estudos clínicos do uso do retalho supraclavicular, ainda há duvidas sobre o real papel do retalho na reconstrução de cabeça e pescoço. Objetivo: Este estudo avalia as complicações resultantes do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular (RFSC) nas reconstruções de cabeça e pescoço após ressecções oncológicas em pacientes submetidos a reconstruções imediatas ou de resgate. Material e Método: Um estudo retrospectivo, incluindo a casuística de 87 casos de reconstrução de diversos defeitos em cabeça e pescoço, foi realizado. O retalho supraclavicular foi utilizado nas reconstruções imediatas ou em resgate, caso tenha havido alguma complicação na reconstrução primária que necessitasse de novo retalho. Os seguintes dados foram coletados dos registros médicos: idade, diagnóstico, tempo de hospitalização, seguimento e complicações. A análise estatística incluiu o teste exato de Fisher e o teste da razão de verossimilhança para análise dos dados. O nível de significância foi estabelecido em p < 0,05. Resultados: Entre julho de 2008 e março de 2015, dos 87 pacientes estudados, 32 (29,4%) eram do sexo feminino. A idade variou de 29 a 88 anos, com média de 62,55 ± 12,83 anos. Vinte e quatro retalhos supraclaviculares (27,5%) desenvolveram necrose distal, sendo necessária reabordagem cirúrgica em 21 deles (24%). Não foram observadas diferenças estatisticamente significantes na média decomplicações entre o grupo de reconstrução primária e de resgate utilizando o RFSC (28% versus 25%, p = 0.816). A comparação da taxa de complicações entre os grupos de reconstruções intraorais e cutâneas também não demostrou diferença significante (27% versus 28%, p = 0.932). A média de internação foi de 17 dias +- 18. Em três casos, foi necessário o uso de enxertia cutânea para fechamento da área doadora. Todos os pacientes tiveram reconstruções funcionais. Alguns fatores, como dobradura da extremidade do retalho (p = 0,002), associação com retalho livre (p = 0,002) e radioterapia previa (p = 0,04) foram associados com aumento significante do número de complicações, enquanto que o tabagismo (p = 0,43) não provocou o mesmo efeito. Conclusão: O retalho supraclavicular é um importante recurso em reconstrução de cabeça e pescoço. Ele pode ser utilizado tanto em reconstruções primárias, associado ou não a outros retalhos, quanto em cirurgias de resgate. Embora o retalho supraclavicular seja confiável, ainda apresenta certa limitação, a fragilidade em sua porção distal, tornando-o vulnerável à dobradura, principalmente em reconstruções tridimensionais. A radioterapia prévia e a associação com retalhos livres podem levar a um maior número de necroses do retalho
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.06.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALVES, Hélio Ricardo Nogueira; FARIA, José Carlos Marques de. Estudo comparativo do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular em defeitos oncológicos nas reconstruções de cabeça e pescoço imediata e de resgate. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28092018-114412/ >.
    • APA

      Alves, H. R. N., & Faria, J. C. M. de. (2018). Estudo comparativo do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular em defeitos oncológicos nas reconstruções de cabeça e pescoço imediata e de resgate. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28092018-114412/
    • NLM

      Alves HRN, Faria JCM de. Estudo comparativo do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular em defeitos oncológicos nas reconstruções de cabeça e pescoço imediata e de resgate [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28092018-114412/
    • Vancouver

      Alves HRN, Faria JCM de. Estudo comparativo do uso do retalho fasciocutâneo supraclavicular em defeitos oncológicos nas reconstruções de cabeça e pescoço imediata e de resgate [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5132/tde-28092018-114412/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020