Exportar registro bibliográfico

Redes complexas em sistemas celulares e moleculares de plantas (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: ALMEIDA FILHO, HUMBERTO ANTUNES DE - IFSC
  • Unidade: IFSC
  • Sigla do Departamento: FCM
  • Subjects: PLANTAS; METABOLISMO VEGETAL; REDES COMPLEXAS
  • Keywords: Estômatos; Metabolic Networks; Plant; Redes metabólicas; Stomata
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: Células estomáticas e reações metabólicas de plantas foram modelados por meio da teoria dos grafos neste trabalho; a distância entre estômatos vizinhos na folha foi adotada como parâmetro utilizado para a conectividade em redes onde os estômatos foram definidos como nodos. A direção da formação de produtos e substratos em reações metabólicas determinou a conectividade nas redes metabólicas, onde cada metabólito foi definido como um nodo. As redes de estômatos foram capazes de gerar uma grande quantidade de informação geométrica associada à distância entre os estômatos. Estas medidas se mostraram uma poderosa ferramenta para avaliar a plasticidade fenotípica em folhas de plantas. A adaptação de plantas a condições ambientais extremas, como altas taxas de umidade e grandes variações no tempo de exposição à luz, puderam ser quantificadas por parâmetros de redes. Parâmetros topológicos globais das redes metabólicas mostraram que elas possuem propriedades estatísticas e topológicas de redes livre escala, como nos seres vivos em geral. Entretanto, alguns parâmetros topológicos locais das redes como a medida hub-score, geram vetores de características que, se comparados entre plantas, geram informação filogenética. Além disso, nós comprovamos que é possível construir modelos que sugerem uma organização geral para o metabolismo, por meio de algorítmos de conectividade hierárquica. O algorítmo de k-cores foi usado para gerar camadas de conectividade nas redes metabólicas. Aatribuição química dos metabólitos ao longo das camadas k-core, mostra que a hierarquia de conexões está associada a especialização do metabolismo. Isto sugere que o algorítimo também gera informação sobre a evolução da maquinaria metabólica. Portanto, o modelo para conectar elementos de uma rede metabólica adotado neste trabalho, traz informações naturais sobre as plantas, o que sugere que exista parâmetros físicos das reações metabólicas representados pelo modelo
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.05.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA FILHO, Humberto Antunes de; BRUNO, Odemir Martinez. Redes complexas em sistemas celulares e moleculares de plantas. 2018.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-17092018-102042/ >.
    • APA

      Almeida Filho, H. A. de, & Bruno, O. M. (2018). Redes complexas em sistemas celulares e moleculares de plantas. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-17092018-102042/
    • NLM

      Almeida Filho HA de, Bruno OM. Redes complexas em sistemas celulares e moleculares de plantas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-17092018-102042/
    • Vancouver

      Almeida Filho HA de, Bruno OM. Redes complexas em sistemas celulares e moleculares de plantas [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/76/76132/tde-17092018-102042/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020