Exportar registro bibliográfico

Crianças usuárias de implante coclear com atraso do desenvolvimento da percepção auditiva da fala: análise dos fatores que influenciam o desempenho (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: SIAGH, RAQUEL FRANCO STUCHI - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: CRIANÇAS; IMPLANTE DA CÓCLEA; DESENVOLVIMENTO DA FALA; PERCEPÇÃO AUDITIVA; VOZ FALADA
  • Language: Português
  • Abstract: Algumas crianças usuárias de implante coclear (IC) não desenvolvem a habilidade de reconhecimento auditivo em conjunto aberto, mesmo após um longo período de uso do dispositivo e mesmo sem apresentar fatores na etapa pré-operatória que sugiram esse prognóstico. Os fatores que influenciam o desempenho dessas crianças atuam de maneira complexa também nas etapas intra e pós-operatórias e o conhecimento profundo dos mesmos é fundamental para direcionar condutas em busca de uma habilitação auditiva de sucesso. Sobre a atuação fonoaudiológica na etapa pós-operatória, o uso de marcadores clínicos de desempenho permite a identificação de atrasos no desenvolvimento de percepção da fala e linguagem. Alguns fatores já são descritos como negativamente influentes, mas, estudos que realizem análises profundas das causas dos mesmos são necessários. Objetivos: a) descrever o desenvolvimento das habilidades auditivas de crianças que não apresentaram a habilidade de reconhecimento auditivo em conjunto aberto ao final de cinco anos de uso do IC; b) analisar os fatores que influenciam o desenvolvimento da percepção auditiva da fala, considerando este grupo de crianças, e a atuação fonoaudiológica na etapa pós-operatória. Metodologia: estudo exploratório, retrospectivo longitudinal por meio de análise de prontuário realizado no Centro de Pesquisas Audiológicas/Setor de IC do HRAC-USP. Foram analisadas 21 crianças. O desenvolvimento das habilidades auditivas foi descrito por meio das Categorias de Audição (GEERS, 1994). Os fatores analisados foram: fatores relacionados aos eletrodos e problemas relacionados ao mapeamento; interrupção do uso do implante coclear; uso assistemático do dispositivo; faltas no acompanhamento pós-operatório; fatores relacionados à terapia fonoaudiológica e fatores relacionados ao neurodesenvolvimento.Foi realizada análise qualitativa dos resultados por meio da metodologia de análise temática e a análise quantitativa, por meio da estatística descritiva e inferencial. Resultados e Discussão: desenvolvimento auditivo houve uma tendência discreta de curva crescente ao longo dos anos de uso, com oscilações; o desempenho ao final do período estudado, pôde ser representado pela Categoria de Audição 2 detecção de padrões de percepção. Para crianças implantadas unilateralmente, até os 36 meses e sem fatores influentes na etapa pré-operatória pode-se esperar que atinjam a categoria 3 a partir de 5 meses de uso do IC, sendo um alerta se não a alcançarem até os 12 meses de uso. Os fatores interrupção do uso/uso assistemático foram os mais frequentemente observados e as causas foram relacionadas ao funcionamento do IC, comportamento da família e recusa da criança; o tempo de interrupção foi significativamente maior quando problemas do componente externo aconteceram após o término de sua garantia (p=0,001). Houve tendência de indivíduos que moravam mais longe do hospital faltarem mais aos retornos, entretanto, a associação não foi significativa. Conclusão: foi possível obter um padrão de desenvolvimento auditivo do grupo estudado e os resultados podem ser utilizados como marcadores clínicos de desempenho. A análise dos fatores pôde nortear discussões referentes às possíveis condutas fonoaudiológicas no acompanhamento pós-operatório da criança usuária de implante coclear e pode servir como base para investigações de fatores na prática clínica, bem como futuras investigações científicas.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIAGH, Raquel Franco Stuchi; COSTA FILHO, Orozimbo Alves. Crianças usuárias de implante coclear com atraso do desenvolvimento da percepção auditiva da fala: análise dos fatores que influenciam o desempenho. 2018.Universidade de São Paulo, Bauru, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-215040/ >.
    • APA

      Siagh, R. F. S., & Costa Filho, O. A. (2018). Crianças usuárias de implante coclear com atraso do desenvolvimento da percepção auditiva da fala: análise dos fatores que influenciam o desempenho. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-215040/
    • NLM

      Siagh RFS, Costa Filho OA. Crianças usuárias de implante coclear com atraso do desenvolvimento da percepção auditiva da fala: análise dos fatores que influenciam o desempenho [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-215040/
    • Vancouver

      Siagh RFS, Costa Filho OA. Crianças usuárias de implante coclear com atraso do desenvolvimento da percepção auditiva da fala: análise dos fatores que influenciam o desempenho [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-215040/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021