Exportar registro bibliográfico

Zonas de entremeio: possibilidades outras na investigação do espaço público contemporâneo (2017)

  • Authors:
  • USP affiliated author: CRESTANI, ANDREI MIKHAIL ZAIATZ - IAU
  • School: IAU
  • Subjects: ESPAÇO PÚBLICO; CIDADES
  • Keywords: Cidade contemporânea; Contemporary city; Cotidiano; Everyday life; In-between zones; Public space; Zonas de entremeio
  • Language: Português
  • Abstract: A cidade contemporânea é demarcada por uma época de transição correspondente à globalização, em que relações de pertença entre sujeitos e seus contextos parecem cada vez mais apartadas, dissociadas. O conjunto de condições tecnológicas, políticas e econômicas globais produzem paisagens cada vez mais homogêneas, de modo que local e global já não são tão facilmente distinguíveis quando conteúdos, imagens, sentidos daqui(s) e lá(s) se chocam, atravessam e sobrepõem a todo momento. Em tal contexto, o espaço público vem sendo sintetizado como superfície de formas programadas de consumo e uso parcial, o que impõe dificuldades a sua realização como forma social, simbólica e política que transmite uma identidade específica a cada contexto. Este trabalho investiga então que espaço público pode ainda ser (re)produzido/reconhecido em circunstâncias de formas e identidades urbanas cada vez mais pasteurizadas. A hipótese é que, embora as singularidades de cada local sejam constantemente atravessadas por sentidos vindos de todo lugar, por outro lado esses mesmos fluxos podem pelo transbordamento, fricções, contatos que aí acontecem despertar de modo inesperado momentos criativos, ocorrências que aqui conceituamos como Zonas de entremeio.Tais zonas são expressivas de um estado liminar que oferece um momento aberto para a produção de novos sentidos e coalisões, convertendo o habitual em estranho e o conhecido em desconhecido. A abordagem desses campos liminares convoca a retomada de um olhar crítico ao cotidiano, que acompanhe a movimentação de lugares e poderes; que, se desprendendo dos mapas tradicionais, assuma o desafio de uma cartografia sem borda de espaço e de tempo; capaz de perseguir mais os fluxos do que as posições fixas e, assim, admitir rompimentos; que considere a realidade como algo em formação que tem seus desdobramentos pelo(s) tempo(s) e espaço(s). Nos entremeios, nos encontramos então em campos do indeterminado, da suspensão, da dúvida que também é sinônimo de possibilidades outras. Nossa proposta é a de perseguir/apresentar as zonas de entremeios como horizonte (embora não único) do reconhecimento da realização do espaço público, a qual parece encontrar alternativas justamente em condições da cidade contemporânea que pressupõem (ou sugerem) sua impossibilidade.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.11.2017
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CRESTANI, Andrei Mikhail Zaiatz; ALVES, Manoel Antonio Lopes Rodrigues. Zonas de entremeio: possibilidades outras na investigação do espaço público contemporâneo. 2017.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-17042018-155855/ >.
    • APA

      Crestani, A. M. Z., & Alves, M. A. L. R. (2017). Zonas de entremeio: possibilidades outras na investigação do espaço público contemporâneo. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-17042018-155855/
    • NLM

      Crestani AMZ, Alves MALR. Zonas de entremeio: possibilidades outras na investigação do espaço público contemporâneo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-17042018-155855/
    • Vancouver

      Crestani AMZ, Alves MALR. Zonas de entremeio: possibilidades outras na investigação do espaço público contemporâneo [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/102/102132/tde-17042018-155855/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020