Exportar registro bibliográfico

Instrumento de rastreio do risco para alterações de fala em crianças com fissura labiopalatina (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: MENDES, CAROLINE ANTONELLI - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAF
  • Subjects: DISTÚRBIOS DA FALA; CRIANÇAS; FISSURA LÁBIOPALATINA; RISCO; PERCEPÇÃO DA FALA
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivos: Desenvolver e avaliar uma ferramenta de rastreio do risco para alterações de fala, que faça a interface entre fatores clínicos e aspectos de produção e percepção de fala em bebês com Fissura Labiopalatina (FLP) nos três primeiros anos de vida da criança. Metodologia: Este estudo envolveu 3 fases: na Fase 1 foi realizado o planejamento e desenvolvimento da ferramenta com a elaboração de uma lista de fatores clínicos e uma lista de comportamentos de fala. Após uma avaliação inicial do conteúdo, por um pediatra e uma fonoaudióloga experientes em FLP, as listas foram compiladas criando-se assim a ferramenta de rastreio do Risco para Alterações de Fala em bebês com FLP (RAFF). A Fase 2 envolveu a avaliação do conteúdo do RAFF por cinco Pediatras e três Fonoaudiólogas do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC), seguido de aprimoramento da ferramenta. A validação do conteúdo foi estabelecida pela aplicação do Índice de Validação do Conteúdo quanto á clareza usando-se o critério: muito claro, claro, pouco claro, e não claro. A Fase 3 incluiu uma avaliação preliminar da eficácia da ferramenta RAFF identificando-se a habilidade da ferramenta em corroborar a conduta fonoaudiológica. Resultados: A ferramenta desenvolvida propõe parear condições clínicas relacionadas à FLP (como hospitalizações, alterações de orelha média, acoplamento de cavidade oral e nasal, por exemplo) com os comportamentos de fala esperados durante os primeiros três anos de vida. O conteúdo das duas listas propostas foi avaliado por 5 pediatras e 3 fonoaudiólogas e após modificações compilou-se a ferramenta RAFF que visa identificar o que a criança entende, o que a criança fala e fatores clínicos nos três primeiros anos de vida do bebê com FLP.Para permitir a interpretação dos resultados de forma a estabelecer-se o risco de alterações de fala os itens do RAFF foram subdivididos em 6 faixas etárias (0- 6 meses, 7-12 meses, 13-18 meses, 19-24 meses, 25-30 meses, e 31-36 meses) incluindo três habilidades de compreensão e de produção de fala para cada fase, pareadas com as condições clínicas possíveis na FLP nas idades estudadas. O conteúdo do material foi avaliado positivamente, com um IVC médio obtido para a ferramenta RAFF indicando que 87% dos avaliadores consideraram o conteúdo muito claro enquanto 13 % consideraram claro. Ou seja, não houve conteúdo considerado pouco claro ou não claro. A ferramenta foi aplicada em um total de 18 cuidadores sendo possível verificar sua eficácia em corroborar a conduta fonoaudiológica com relação ao acompanhamento do desenvolvimento de fala ou o encaminhamento para intervenção fonoaudiológica com 9 destes cuidadores de bebês em tratamento no HRAC. Conclusão: Neste estudo a ferramenta RAFF foi desenvolvida e seu conteúdo avaliado por pediatras e fonoaudiólogos especialistas em gerenciamento da FLP os quais concordaram que o conteúdo proposto está, em sua maioria, muito claro. Readaptações finais foram propostas após o teste preliminar da eficácia do RAFF e deverão ser implementadas antes de seu uso em futuros estudos de validação da ferramenta RAFF.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.05.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENDES, Caroline Antonelli; DUTKA, Jeniffer de Cássia Rillo. Instrumento de rastreio do risco para alterações de fala em crianças com fissura labiopalatina. 2018.Universidade de São Paulo, Bauru, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-183808/publico/CarolineAntonelliMendes_Rev.pdf >.
    • APA

      Mendes, C. A., & Dutka, J. de C. R. (2018). Instrumento de rastreio do risco para alterações de fala em crianças com fissura labiopalatina. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-183808/publico/CarolineAntonelliMendes_Rev.pdf
    • NLM

      Mendes CA, Dutka J de CR. Instrumento de rastreio do risco para alterações de fala em crianças com fissura labiopalatina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-183808/publico/CarolineAntonelliMendes_Rev.pdf
    • Vancouver

      Mendes CA, Dutka J de CR. Instrumento de rastreio do risco para alterações de fala em crianças com fissura labiopalatina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25143/tde-30082018-183808/publico/CarolineAntonelliMendes_Rev.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021