Exportar registro bibliográfico

Evolução molecular de HoxA13 e a origem da morfologia serpentiforme em Tetrapoda (2016)

  • Authors:
  • Autor USP: SINGARETE, MARINA ELISA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBP
  • Subjects: EVOLUÇÃO MOLECULAR; MORFOMETRIA; REGULAÇÃO GÊNICA; BIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO; EVOLUÇÃO CLÍNICA
  • Language: Português
  • Abstract: Genes Hox desempenham um papel fundamental no desenvolvimento embrionário, sendo considerados elementos centrais para a compreensão de mecanismos genéticos envolvidos na evolução da diversidade fenotípica. A presente Tese de Doutorado enfocou o contexto específico da evolução da morfologia serpentiforme em Tetrapoda e investigou a evolução molecular do fator de transcrição HoxA13, uma proteína essencial para diversos processos do desenvolvimento embrionário, incluindo a formação do autopódio e a finalização do processo de alongamento do eixo corpóreo. O capítulo 1 avaliou se a evolução da sequência de aminoácidos de HoxA13 ocorreu sob regimes de seleção equivalentes em três clados que representam origens independentes da morfologia serpentiforme: Gymnophiona, Amphisbaenia e Serpentes. Os resultados foram discutidos em relação a possíveis associações entre a evolução de HoxAl3 e a ausência de autopódio nas linhagens comparadas. O capítulo 2 avaliou a relevância funcional da assinatura molecular identificada no éxon-1 de HoxA13 de Serpentes no contexto específico dos processos de somitogênese e término do alongamento do eixo corpóreo. Abordagem transcritômica foi empregada e permitiu inferir sobre a expressão diferencial de genes codificadores de proteínas em decorrência das substituições de aminoácidos detectadas no HoxA13 de Serpentes. Em sequência, o capítulo 3 dissecou a interação física funcional entre o fator de transcrição HoxA13 contendo aminoácidos característicos de Serpentes em cinco sítios específicos e genes-alvo cuja interação proteína-DNA é bem caracterizada na literatura (Bmp2 e Bmp7). Em conjunto, os resultados elucidam como modificações nos fatores de transcrição relacionam-se com a evolução fenotípica, destacando particularmente a associação entre a assinatura molecular encontrada no fator de transcriçãoHoxA13 em Serpentes e o prolongamento dos processos de extensão do eixo corpóreo no embrião, por meio da regulação diferencial de mecanismos de desenvolvimento embrionário que podem ter contribuído para a evolução da morfologia serpentiforme nessa linhagem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.06.2016

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SINGARETE, Marina Elisa; KOHLSDORF, Tiana. Evolução molecular de HoxA13 e a origem da morfologia serpentiforme em Tetrapoda. 2016.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2016.
    • APA

      Singarete, M. E., & Kohlsdorf, T. (2016). Evolução molecular de HoxA13 e a origem da morfologia serpentiforme em Tetrapoda. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Singarete ME, Kohlsdorf T. Evolução molecular de HoxA13 e a origem da morfologia serpentiforme em Tetrapoda. 2016 ;
    • Vancouver

      Singarete ME, Kohlsdorf T. Evolução molecular de HoxA13 e a origem da morfologia serpentiforme em Tetrapoda. 2016 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021