Exportar registro bibliográfico

Avaliação de parâmetros morfométricos por meio da ressonância magnética em fetos com restrição do crescimento (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA JÚNIOR, RONALDO EUSTÁQUIO DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: ULTRASSONOGRAFIA; RESSONÂNCIA MAGNÉTICA; FETO; BIOMETRIA; ANÓXIA; CÉREBRO
  • Keywords: Biometria cerebral; Brain biometry; Fetal growth restriction; Fetal hypoxia; Fetal magnetic resonance imaging; Hipóxia fetal; Ressonância magnética fetal; Restrição do crescimento intrauterino; Ultrasonography; Ultrassonografia
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A restrição de crescimento intrauterino (RCIU) é uma intercorrência obstétrica de prevalência relevante e altas taxas de morbimortalidade. A ultrassonografia (US) obstétrica ainda é limitada para diagnosticar comprometimento cerebral na RCIU. Por isso, com o intuito de aumentar a acurácia diagnóstica de lesões no encéfalo e comprometimento da criança acometida, surgiram alguns trabalhos utilizando a ressonância magnética (RM), mas com dificuldades técnicas. Sendo assim, são necessários estudos que avaliem o encéfalo de fetos com RCIU e que identifiquem biomarcadores simples de hipóxia crônica e/ou aguda. Objetivos: comparar parâmetros morfométricos mensurados por RM do crânio e encéfalo de fetos com crescimento normal e de fetos com RCIU. Métodos: trata-se de um estudo de coorte prospectivo que incluiu 13 fetos de gestações únicas, com crescimento adequado e 13 fetos de gestações únicas com RCIU, na relação 1 caso:1 controle, de 26 a 38 semanas de idade gestacional (IG) que foram submetidos à avaliação ultrassonográfica para determinação da biometria, volume de líquido amniótico e Dopplervelocimetria fetal e à RM para avaliação de medidas encefálicas e cranianas. Variáveis relacionadas ao tipo de parto, condições do nascimento e resultados perinatais adversos foram obtidas de prontuários médicos. Para análise estatística foram empregados os testes de Wilcoxon e Chi-quadrado. Resultados: as medidas do diâmetro biparietal (DBP) ósseo e cerebral e do diâmetrooccipitofrontal (DOF) ósseo de fetos restritos foram menores que as de controles, assim como os percentis desses diâmetros, da circunferência craniana e do DOF cerebral. Observou-se também que a mediana da relação DBP cerebral/cerebelo da população de fetos restritos tendeu a ser menor que a de controles. Além disso, as medidas do líquor cerebroespinhal (LCE) extracerebral e seus percentis também foram menores nos fetos restritos. Também há diferenças nas relações DOF ósseo/LCE, DOF cerebral/LCE, DBP ósseo/LCE e DBP cerebral/LCE entre os grupos de fetos estudados. Além disso, as medidas das distâncias interoperculares axiais direita e esquerda foram significativamente menores nos fetos restritos. Conclusões: podemos concluir que fetos com RCIU possuem medidas cranianas e encefálicas menores que fetos com crescimento adequado, além de haver redução do LCE extracerebral. Estudos de RM fetal com casuística maior, que permitam análise com regressão logística multivariada e aqueles que avaliem comprometimento neurológico das crianças acometidas são necessários
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.04.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA JÚNIOR, Ronaldo Eustáquio de; MARCOLIN, Alessandra Cristina. Avaliação de parâmetros morfométricos por meio da ressonância magnética em fetos com restrição do crescimento. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-19072018-120809/ >.
    • APA

      Oliveira Júnior, R. E. de, & Marcolin, A. C. (2018). Avaliação de parâmetros morfométricos por meio da ressonância magnética em fetos com restrição do crescimento. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-19072018-120809/
    • NLM

      Oliveira Júnior RE de, Marcolin AC. Avaliação de parâmetros morfométricos por meio da ressonância magnética em fetos com restrição do crescimento [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-19072018-120809/
    • Vancouver

      Oliveira Júnior RE de, Marcolin AC. Avaliação de parâmetros morfométricos por meio da ressonância magnética em fetos com restrição do crescimento [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-19072018-120809/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021