Exportar registro bibliográfico

Interações de ligantes imínicos com peptídeos amiloides e metais essenciais implicados em processos neurodegenerativos (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: WEGERMANN, CAMILA ANCHAU - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QFL
  • Subjects: DOENÇA DE ALZHEIMER; COBRE; ZINCO
  • Agências de fomento:
  • Language: Português
  • Abstract: A terapia de quelação tem sido descrita na literatura como uma ferramenta importante no combate de processos neurodegenerativos como a doença de Alzheimer (AD). Esta doença é caracterizada pela agregação de peptídeos β-amiloides, formando fibrilas, que parece ser induzida ou facilitada em presença de íons metálicos como 'Cu POT.2+', 'Zn POT.2+' ou 'Fe POT.3+'. Vários compostos já foram testados e descritos como ligantes competitivos para coordenar e retirar estes íons dos agregados proteicos em condições patológicas, na chamada hipótese da cascata amiloide. O presente projeto visou investigar a reatividade de ligantes imínicos, derivados de oxindóis, na quelação de cobre(II) e zinco(II), numa tentativa de inibir ou evitar a formação de agregados relacionados à AD. Foram sintetizados seis compostos imínicos, sendo duas hidrazonas inéditas: isahim e isahpy e quatro bases de Schiff: isapn, misapn, isaen e misaen, as três últimas também inéditas. Os compostos foram caracterizados por espectroscopia FTIR, RMN, UV/VIS e por análise elementar CHN e espectrometria de massas ESI-MS/MS. Os valores das constantes de estabilidade (log β 2,7 - 5,1) para a formação dos complexos [ML'] POT.2+' e do aduto [(A'β IND.1-16'') IND.2'·isahim] em solução aquosa foram determinadas por espectroscopia UV/VIS. As formas de interação dos compostos isapn, misapn e isahim com o peptídeo A'β IND.1-16' foram analisadas por espectroscopi'a POT.1'H RMN, observando-se uma forte interação com as histidinas His6, His13 e His14 e com os carboxilatos do peptídeo. A eficácia dos ligantes foi testada frente ao processo de inibição da agregação do peptídeo A'β IND.1-40' na presença e ausência de íons 'Cu POT.2+' ou 'Zn POT.2+' por turbidimetria. Estudos de docking e dinâmica molecular suportam que a interação dos ligantes imínicos com o peptídeo A'β IND.1-16' ocorrenos mesmos sítios de coordenação dos íons metálicos. Os resultados indicam que os compostos aqui estudados podem atuar como eficientes inibidores de agregação dos peptídeos amiloides implicados na AD
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.05.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WEGERMANN, Camila Anchau; FERREIRA, Ana Maria da Costa. Interações de ligantes imínicos com peptídeos amiloides e metais essenciais implicados em processos neurodegenerativos. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-20072018-093655/ >.
    • APA

      Wegermann, C. A., & Ferreira, A. M. da C. (2018). Interações de ligantes imínicos com peptídeos amiloides e metais essenciais implicados em processos neurodegenerativos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-20072018-093655/
    • NLM

      Wegermann CA, Ferreira AM da C. Interações de ligantes imínicos com peptídeos amiloides e metais essenciais implicados em processos neurodegenerativos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-20072018-093655/
    • Vancouver

      Wegermann CA, Ferreira AM da C. Interações de ligantes imínicos com peptídeos amiloides e metais essenciais implicados em processos neurodegenerativos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46136/tde-20072018-093655/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021