Exportar registro bibliográfico

Efeito da terapia com células tronco mesenquimais na proteinúria de cães com doença renal crônica (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: CARAGELASCO, DOUGLAS SEGALLA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: CANINO; NEFROPATIAS EM ANIMAL; PROTEINÚRIA; ELETROFORESE; WESTERN BLOTTING
  • Keywords: <i>Western Blot</i>; Canine; Electrophoresis; Nephropathy; Proteína Urinária; Proteinuria; Western Blot
  • Language: Português
  • Abstract: A proteinúria de origem renal é um indicador de lesão e atua na progressão da doença renal crônica em cães. Na rotina clínica, várias são as recomendações em relação à terapia de manutenção, que visam minimizar ou retardar a progressão da doença. Com o recente progresso na pesquisa sobre a terapia com as células tronco mesenquimais (CTM), tem-se discutido sobre a possibilidade de minimização dos mecanismos inflamatórios e imunológicos de autoperpetuação da lesão renal com a sua utilização, assim a análise sequencial das proteínas urinárias por métodos qualitativos, tais como a eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE) e a imunodetecção das proteínas por Western Blot pode trazer subsídios para esta avaliação. Portanto, como hipótese, suscita-se que a administração de CTM em cães com DRC possa trazer benefícios com o intuito de minimizar o desenvolvimento da proteinúria, contribuindo para o retardo na velocidade de progressão da doença renal. Trata-se de um estudo prospectivo, longitudinal e duplo-cego em que foram avaliados 22 cães com DRC, tratados com solução fisiológica (SF) ou CTM e avaliados a cada 30 a 45 dias em 12 momentos, divididos em grupos de acordo com o estágio da doença, grupo A (estágio 2, SF:n=6, CTM:n=3) e grupo B (estágio 3, SF:n=6, CTM:n=7). Observou-se que os cães do Grupo B apresentaram proteinúria mais intensa, maior porcentagem de proteínas de alto peso molecular, maior imunodetecção de albumina, proteínas ligadas ao retinol e a vitamina D emenor imunodetecção de proteína de Tamm-Horsfall ao longo do acompanhamento, quando comparado ao Grupo A. Os resultados obtidos nesse estudo não permitiram definir conclusões contundentes de que a terapia com a CTM tenha trazido alterações importantes que indicassem o seu benefício. Os dados sugerem que os cães nos estágios iniciais da DRC (estágio 2) poderiam ser os mais favorecidos com a referida terapia, entretanto mais estudos contemplando um número maior de animais, como o maior tempo de acompanhamento devem ser conduzidos para tal investigação
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARAGELASCO, Douglas Segalla; KOGIKA, Marcia Mery. Efeito da terapia com células tronco mesenquimais na proteinúria de cães com doença renal crônica. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-11042018-104404/ >.
    • APA

      Caragelasco, D. S., & Kogika, M. M. (2017). Efeito da terapia com células tronco mesenquimais na proteinúria de cães com doença renal crônica. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-11042018-104404/
    • NLM

      Caragelasco DS, Kogika MM. Efeito da terapia com células tronco mesenquimais na proteinúria de cães com doença renal crônica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-11042018-104404/
    • Vancouver

      Caragelasco DS, Kogika MM. Efeito da terapia com células tronco mesenquimais na proteinúria de cães com doença renal crônica [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10136/tde-11042018-104404/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021