Exportar registro bibliográfico

Avaliação de um sistema bioeletroquímico (MFC-Microbial Fuel Cell) como alternativa para remoção de nitrato em águas subterrâneas (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: NAKAGAMA, ADRIANA YUKIE TOMITA - IGC
  • Unidade: IGC
  • Sigla do Departamento: GSA
  • Subjects: POLUIÇÃO DE ÁGUAS SUBTERRÂNEAS; NITRATOS; DESNITRIFICAÇÃO
  • Keywords: Bioelectrochemical system; MFC; Microbial Fuel Cell; Nitrate removal; Remoção de nitrato; Sistema bioeletroquímico
  • Language: Português
  • Abstract: O nitrato nas águas subterrâneas é considerado um dos principais problemas com relação aos padrões de potabilidade estabelecidos pela Portaria MS nº 2914/2011, o limite é de 10 mg NNO3-/L, tendo em vista que a ingestão de altas concentrações de nitrato está associada a doenças como câncer e a metahemoglobinemia. As preocupações com o nitrato devem-se as concentrações insidiosas e persistentes deste íon registradas pela CETESB desde o início do monitoramento das águas subterrâneas em 1990. O presente trabalho propôs a avaliação de um processo alternativo para remoção de nitrato, trata-se de um sistema bioeletroquímico, também conhecido como MFC (Microbial Fuel Cells), que utiliza microrganismos para desnitrificação. Esse tratamento consiste no uso de processos biológicos potencializados pelo processo de eletrólise, aproveitando desta forma, os principais pontos característicos de cada processo de maneira combinada. O sistema foi testado em escala de bancada, e consiste basicamente em uma câmara anódica onde ocorre a oxidação da matéria orgânica e uma câmara catódica onde ocorre o processo de redução do nitrato a N2. Entre as câmaras é utilizada uma membrana de troca iônica de forma a permitir somente a passagem de prótons da câmara anódica para a catódica, além de impedir a difusão de oxigênio para a câmara catódica. O experimento realizou 8 testes variando a taxa de aplicação total de 2,88 a 11,52 L/dia com uma concentração 15 mg N-NO3-/L. Nos últimos dois testes ainda foiaplicada uma tensão externa. O sistema atingiu uma eficiência média de remoção de nitrato de 80,84 ± 16,73 %. As concentrações finais de nitrato permaneceram dentro dos padrões de potabilidade, com valor médio de 1,88 ± 2,03 mg N-NO3-/L, obtendo-se uma taxa de desnitrificação de 0,0498 ± 0,03 kg/m³.dia. O acúmulo de nitrito no sistema teve valor médio de 0,36 ± 0,37 mg N-NO2-/L
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NAKAGAMA, Adriana; SUHOGUSOFF, Alexandra Vieira. Avaliação de um sistema bioeletroquímico (MFC-Microbial Fuel Cell) como alternativa para remoção de nitrato em águas subterrâneas. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-17072018-141641/ >.
    • APA

      Nakagama, A., & Suhogusoff, A. V. (2017). Avaliação de um sistema bioeletroquímico (MFC-Microbial Fuel Cell) como alternativa para remoção de nitrato em águas subterrâneas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-17072018-141641/
    • NLM

      Nakagama A, Suhogusoff AV. Avaliação de um sistema bioeletroquímico (MFC-Microbial Fuel Cell) como alternativa para remoção de nitrato em águas subterrâneas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-17072018-141641/
    • Vancouver

      Nakagama A, Suhogusoff AV. Avaliação de um sistema bioeletroquímico (MFC-Microbial Fuel Cell) como alternativa para remoção de nitrato em águas subterrâneas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/44/44138/tde-17072018-141641/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021