Exportar registro bibliográfico

Estudo do comportamento de Atta sexdens quanto ao gerenciamento de detritos (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: VIEGAS, LIA MATOS - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: FORMIGAS; RESÍDUOS SÓLIDOS; TOMADA DE DECISÃO; ORIENTAÇÃO ESPACIAL (PERCEPÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: O processo de tomada de decisão tem sido estudado em várias espécies de formigas e em diversos contextos, especialmente durante o forrageamento e a escolha do local do ninho. Nesses estudos, os cientistas tentam entender quais são os mecanismos envolvidos na seleção de um determinado local para o ninho ou de rota de forrageamento. Há poucas pesquisas sobre tomada de decisão em relação ao descarte de lixo. O lixo pode ser uma fonte de patógenos. Seu manejo é importante para insetos eusociais, como as formigas cortadeiras, pois a proximidade genética entre os indivíduos do ninho facilita a disseminação de doenças. O projeto visa estudar o comportamento da Atta sexdens frente ao lixo, dando especial atenção ao processo de tomada de decisão, às estratégias para descarte de lixo, à orientação no transporte de lixo e à forma como as operárias lidam com ele. Para isso, realizamos uma série de procedimentos experimentais, cuja metodologia incluiu o uso de labirintos e pontes em diferentes formatos e a observação do comportamento das operárias. Em geral, observamos que as formigas, assim como visto na literatura, preferem isolar o lixo do resto da colônia. Com a Atta sexdens, isso costuma ocorrer em câmaras sob a terra, unidas ao formigueiro, mas longe de fungos. O ambiente laboratorial não permite que isso ocorra, o que faz com que elas busquem meios alternativos para isolar o lixo. Esse isolamento pode ocorrer usando potes dentro da bandeja de ninho, mas parece haver preferência emcolocar o lixo fora dela, em outra bandeja, por exemplo, interligada àquela em que ficam os potes com fungos. Sempre que há esse espaço externo para o depósito de detritos, as formigas transportam o lixo para ele. Esse local não precisa ser o mais distante possível, ao contrário do que esperávamos. Para orientação, as lixeiras levam em consideração as diferentes pistas que possuem (químicas, visuais e outras, intrínsecas). Finalmente, temos evidências de que as formigas adaptam suas estratégias de forrageamento ao ambiente em que estão, evitando, por exemplo, a contaminação das folhas. Não encontramos evidências, no entanto, de agressividade contra as formigas contaminadas pelo lixo. Houve, porém, mais agressividade contra lixeiras que contra forrageadoras. Esses resultados vão parcialmente na direção esperada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.04.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VIEGAS, Lia Matos; OTTA, Emma. Estudo do comportamento de Atta sexdens quanto ao gerenciamento de detritos. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-04072018-182641/ >.
    • APA

      Viegas, L. M., & Otta, E. (2018). Estudo do comportamento de Atta sexdens quanto ao gerenciamento de detritos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-04072018-182641/
    • NLM

      Viegas LM, Otta E. Estudo do comportamento de Atta sexdens quanto ao gerenciamento de detritos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-04072018-182641/
    • Vancouver

      Viegas LM, Otta E. Estudo do comportamento de Atta sexdens quanto ao gerenciamento de detritos [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47132/tde-04072018-182641/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021