Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de uma estratégia vacinal dose-reforço heterológo baseada em linhagens recombinantes de Bacillus subitilis para o controle de Spreptococcus mutans (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, DALVA ADELINA DA - ICB
  • Unidades: ICB
  • Sigla do Departamento: BMM
  • Subjects: STREPTOCOCCUS MUTANS; CÁRIE DENTÁRIA; PROTEÍNAS RECOMBINANTES; MUCOSA ORAL; CAMUNDONGOS; ADJUVANTES IMUNOLÓGICOS
  • Keywords: Bacillus subtilis; Bacillus subtilis; Streptococcus mutans; Streptococcus mutans; Cárie dental; Dental caries; Imunização sublingual; Mucosal vaccines; Prime-boost immunization regimen; Regime vacinal dose-reforço heterólogo; Sublingual immunization; Vacinas de mucosa
  • Language: Português
  • Abstract: A cárie dental é uma doença bacteriana infecciosa considerada como um dos principais problemas de saúde pública. O principal agente etiológico para o desenvolvimento da doença é o Streptococcus mutans. A proteína P1, também conhecida como antígeno I/II, do S. mutans é fundamental para a etapa inicial de adesão à superfície dental (sacarose-independente), sendo, portanto, considerada essencial para o processo de colonização deste patógeno. Algumas regiões dessa proteína vêm sendo empregadas como antígenos em estratégias vacinais contra a cárie, entre elas a região A, localizada na porção N-terminal, conhecida como região de ligação à saliva Saliva Binding Region (SBR). No entanto, apesar dos avanços, não existe vacina para a prevenção da cárie licenciada para uso em humanos. Diante disso, o presente trabalho tem como objetivo o desenvolvimento e caracterização de uma nova estratégia vacinal contra o S. mutans baseada em esquema de dose-reforço heterólogo, utilizando o fragmento P139-512, na forma de proteína purificada, expressa a partir de linhagens recombinantes de Bacillus subtilis. A proteína P139-512 compreende os aminoácidos 39-512 da proteína nativa, o que corresponde a toda região A e uma pequena porção da região variável da proteína P1. Utilizamos esporos de B. subtilis 1012, modificados para expressar o antígeno P139-512 (LDV702). A linhagem LDV704, além de expressar o antígeno, foi modificada para expressar uma invasina (InvA) com capacidade de se ligar a epitéliosde mucosa. Camundongos da linhagem BALB/c foram imunizados por via sublingual com uma dose de esporos de B. subtilis (linhagens 1012, LDV702, LDV704 ou PBS) seguidos por dois reforços com a proteína P139-512, associada ou não com o adjuvante LTK63. Níveis significativos de anticorpos séricos foram induzidos pelas formulações em associação com o adjuvante após a terceira dose, e mostraram-se capazes de reconhecer os epítopos em diferentes linhagens de S. mutans. No entanto, nenhuma das formulações mostrou-se capaz de ativar respostas de mucosa (S-IgA). Porém, observamos que o adjuvante LTK63 empregado na estratégia dose-reforço heterólogo potencializou a resposta sérica de anticorpos IgG, sendo capaz de modular e melhorar qualitativamente as respostas induzidas. Assim, a administração das formulações na presença do adjuvante representa uma alternativa promissora para o controle do S. mutans
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.03.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Dalva Adelina da; FERREIRA, Rita de Cassia Cafe. Desenvolvimento de uma estratégia vacinal dose-reforço heterológo baseada em linhagens recombinantes de Bacillus subitilis para o controle de Spreptococcus mutans. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-25062018-115726/ >.
    • APA

      Silva, D. A. da, & Ferreira, R. de C. C. (2018). Desenvolvimento de uma estratégia vacinal dose-reforço heterológo baseada em linhagens recombinantes de Bacillus subitilis para o controle de Spreptococcus mutans. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-25062018-115726/
    • NLM

      Silva DA da, Ferreira R de CC. Desenvolvimento de uma estratégia vacinal dose-reforço heterológo baseada em linhagens recombinantes de Bacillus subitilis para o controle de Spreptococcus mutans [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-25062018-115726/
    • Vancouver

      Silva DA da, Ferreira R de CC. Desenvolvimento de uma estratégia vacinal dose-reforço heterológo baseada em linhagens recombinantes de Bacillus subitilis para o controle de Spreptococcus mutans [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/42/42132/tde-25062018-115726/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020