Exportar registro bibliográfico

Adaptação transcultural para o português-brasileiro do Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI) (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: GREGHI, STELLA MARIS - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RAL
  • Subjects: DISFUNÇÃO TEMPOROMANDIBULAR; FACE; CRÂNIO; DOR
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A dor craniofacial e a incapacidade são as condições mais importantes observadas nos indivíduos com DTM. Assim, ferramentas validadas e confiáveis que permitam avaliar esses construtos são essenciais na prática clínica e pesquisa. O Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI) é uma das poucas ferramentas disponíveis com esta finalidade, entretanto está disponível apenas em espanhol. Objetivo: O presente estudo teve como objetivo realizar a adaptação transcultural para o português-brasileiro, teste da versão pré-final, reprodutibilidade, consistência interna, validade de construto, validade estrutural e a responsividade do CFPDI/Br. Métodos: Participaram do presente estudo 100 indivíduos de ambos os gêneros com DTM de acordo com o RDC/TMD e/ou cefaleia há mais de 6 meses. A adaptação transcultural seguiu as seguintes etapas: tradução, síntese, retrotradução, comitê de especialistas e Pré-Teste. O coeficiente de correlação intraclasse (ICC) foi utilizado para a análise estatística de confiabilidade, α de Cronbach para consistência interna, correlação de Pearson para classificar a validade de construto e análise fatorial confirmatória (AFC) para a validade estrutural. Foram traçadas curva ROC e correlação de Spearman para a responsividade. Resultados: Foram encontrados valores excelentes de confiabilidade para todos os domínios e pontuação total (ICC>O,9). A AFC confirmou três domínios para o CF-PDI/Br (Incapacidade Funcional e Psicossocial/ Dor / Frequência de Comorbidades). Para a consistência interna, α de Cronbach superior a 0,77 para os domínios. Foram observadas correlações moderadas (0,3 < R < 0,69), para a maioria dos domínios e para o escore total entre CF-PDI/Br vs. MFIQ, TSKITMD-Br, B-PCS, PDQ, NDI e ProfitMap-NecklBr. Para a responsividade foram observados valor de acurácia moderado (AUC>0,7) para os valores de corte dapontuação total e o domínio Incapacidade funcional e psicossocial e Dor, com elevados níveis de sensibilidade e especificidade dos mesmos. Conclusão: O CF-PDI/Br apresentou índices psicométricos adequados e pode ser utilizado em ambientes clínicos e para pesquisas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.02.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GREGHI, Stella Maris; CHAVES, Thaís Cristina. Adaptação transcultural para o português-brasileiro do Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI). 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Greghi, S. M., & Chaves, T. C. (2018). Adaptação transcultural para o português-brasileiro do Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Greghi SM, Chaves TC. Adaptação transcultural para o português-brasileiro do Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI). 2018 ;
    • Vancouver

      Greghi SM, Chaves TC. Adaptação transcultural para o português-brasileiro do Craniofacial Pain and Disability Inventory (CF-PDI). 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020