Exportar registro bibliográfico

Validação de um actígrafo nacional (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: RODRIGUES, JANAEL - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: ACTIGRAFIA; SONO; POLISSONOGRAFIA; NEUROCIÊNCIAS; VALIDADE DO TESTE
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: O actígrafo consiste em um aparelho de pulso equipado com um acelerômetro, um microprocessador e uma memória interna, que são capazes de detectar e armazenar o registro de movimentos. A actigrafia é utilizada na avaliação de transtornos do sono como doenças de ritmo circadiano, insônia e sonolência excessiva diurna. Este método apresenta algumas vantagens em relação à polissonografia como o período de avaliação maior, simplicidade no uso e na interpretação e baixo custo. Este estudo tem por objetivo validar o actígrafo ActTrust na avaliação de sono e vigília comparando-o com a polissonografia. MÉTODOS: População- pacientes com idade maior que 18 anos provenientes dos ambulatórios de Doenças do Sono e Ambulatório de Doenças Respiratórias do Sono do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo com suspeita de apneia obstrutiva do sono. Actígrafo- utilizados equipamentos da Condor Instruments Ltda, Copyright 2013, São Paulo, SP, Brasil. Procedimentos- o actígrafo foi colocado no início da noite no braço não dominante e removido no término do exame de polissonografia. Polissonografia- foram realizadas por polígrafos Biologic e analisadas pelo software Biologic Sleepscan VISION PSG, Natus Bio-logic Systems Inc., San Carlos, CA, USA segundo os critérios da Academia Americana de Sono de 2014. Análise- épocas de 30 segundos de ambos os métodos foram comparadas. O algoritmo utilizado foi o de Cole-Kripke. RESULTADOS: Foram analisados dados de 122 pacientes em que houve registro simultâneo da polissonografia e actigrafia. Observou-se uma sensibilidade do equipamento de 95,69%, especificidade de 30,59%, acurácia de 80,24%, valor preditivo para sono de 81,52% e valor preditivo para vigília de 68,93%. Na análise de correlação entre a actimetria e polissonografia observamos: 1) latência parainício do sono: não houve significância estatística; 2) tempo total de sono: análise com todos participantes (r=0,491;p<0,001), grupo com apneia obstrutiva do sono (AOS) leve (r=0,497;p=0,003), AOS moderada (r=0,386;p=0,024), AOS grave (r=0,541 ;p=0,002) e outros transtornos (r=0,928;p=0,008); 3) tempo acordado após o início do sono: grupo com todos participantes (r=0,449;p<0,001), grupo com AOS moderada (r=0,387;p=0,024), AOS grave (r=0,479;p=0,006), ronco primário (r=0,697;p=0,025) e outros transtornos (r=0,886;p=0,019), 4) eficiência do sono: grupo com todos participantes (r=0,345;p<0,001) e grupo com AOS grave (r=0,426;p=0,017). CONCLUSÃO: O estudo demonstrou que o ActTrust apresentou um desempenho satisfatório, com uma ótima sensibilidade, boa acurácia e baixa especificidade na avaliação de pacientes com distúrbios respiratórios do sono
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.02.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RODRIGUES, Janael; ECKELI, Alan Luiz. Validação de um actígrafo nacional. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Rodrigues, J., & Eckeli, A. L. (2018). Validação de um actígrafo nacional. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Rodrigues J, Eckeli AL. Validação de um actígrafo nacional. 2018 ;
    • Vancouver

      Rodrigues J, Eckeli AL. Validação de um actígrafo nacional. 2018 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021