Exportar registro bibliográfico

Efeito da hipotermia sobre a incidência de infecção de sítio cirúrgico em cirurgias abdominais: estudo de coorte (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: RIBEIRO, JULIO CESAR - EERP
  • Unidade: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: ENFERMAGEM PERIOPERATÓRIA; HIPOTERMIA; INFECÇÃO HOSPITALAR
  • Language: Português
  • Abstract: A infecção de sitio cirúrgico (ISC) é uma complicação frequente que pode acometer o paciente submetido ao procedimento anestésico cirúrgico, acarretando o aumento da morbidade, mortalidade e dos custos hospitalares, bem como do sofrimento emocional e fisico do paciente. Este estudo teve como objetivos estimar a incidência de ISC em pacientes submetidos à cirurgia abdominal, identificar as taxas de ISC segundo fatores relacionados ao paciente, ao procedimento anestésico cirúrgico e ao ambiente da sala cirúrgica, identificar os fatores de risco e de proteção, e identificar o efeito independente da hipotermia sobre a incidência de ISC. Para o alcance dos objetivos propostas, conduziu-se estudo de coorte com 484 pacientes submetidos à cirurgia abdominal. Para a coleta de dados elaborou-se instrumento, submetido à validação aparente e de conteúdo por cinco juizes. A coleta de dados foi realizada na unidade de internação ou na sala de recepção do centro cirúrgico, no periodo intraoperatório, no período de internação e reinternação, e no retorno no 30° dia após a cirurgia. A hipotermia foi avaliada a partir de três mensurações distintas, a saber: 1 - temperatura Delta; 2 número de vezes em que a temperatura do paciente foi ~36,0°C; 3 - tempo de exposição, em minutos, em que o paciente esteve submetido a temperaturas <36,0°C. A incidência bruta de ISC foi de 20,25% (98 casos). A incidência de ISC apresentou maior magnitude nos participantes do sexo feminino (22,43%), nos pacientes na faixa etária de 60 anos e mais (27,22%), e com obesidade classe 11 (25,71%). As médias de duração da anestesia e da cirurgia foram maiores no grupo com ISC, a incidência de ISC apresentou maior magnitude naqueles pacientes submetidos a cirurgias de porte 111 (85,71%) e anestesia combinada (41,10%). A incidência de ISC apresentou maior magnitude naquele participanteque no final da cirurgia estava exposto à temperatura da sala de operação < 20°C (33,33%), e naqueles expostos à umidade do ar entre 45-55 kg/m3 (22,18%). Na mensuração 1 (modelo final), a hipotermia não apresentou relação causal com a ISC, e as variaveis classificação ASA, porte cirúrgico e tipo de anestesia permaneceram independentemente associadas à ISC. Na mensuração 2 (modelo final), identificou-se o efeito causal independente da hipotermia sobre a ISC, os pacientes que estiveram submetidos mais de cinco vezes a temperaturas ^c36,0°C apresentaram maior probabilidade (89%; RR=1,89) de desenvolverem ISC, as variaveis classificação ASA e tipo de anestesia mantiveram-se independentemente associadas à ISC. Na mensuração 3 (modelo final), também identificou-se o efeito causal independente da hipotermia sobre a ISC, os pacientes que estiveram submetidos a mais de 75 minutos a temperaturas <36,0°C apresentaram maior probabilidade (89%; RR=1,89) de desenvolverem ISC, as variaveis classificação ASA e tipo de anestesia permaneceram independentemente associadas à ISC. A raquianestesia foi fator de proteção independente para ISC, nos três modelos finais. Os resultados evidenciados poderão subsidiar a tomada de decisão dos profissionais de saúde na implementação de ações direcionadas para a prevenção e controle de ISC, com ênfase em medidas para a prevenção da hipotermia perioperatória
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.01.2018

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Julio Cesar; GALVÃO, Cristina Maria. Efeito da hipotermia sobre a incidência de infecção de sítio cirúrgico em cirurgias abdominais: estudo de coorte. 2018.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2018.
    • APA

      Ribeiro, J. C., & Galvão, C. M. (2018). Efeito da hipotermia sobre a incidência de infecção de sítio cirúrgico em cirurgias abdominais: estudo de coorte. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ribeiro JC, Galvão CM. Efeito da hipotermia sobre a incidência de infecção de sítio cirúrgico em cirurgias abdominais: estudo de coorte. 2018 ;
    • Vancouver

      Ribeiro JC, Galvão CM. Efeito da hipotermia sobre a incidência de infecção de sítio cirúrgico em cirurgias abdominais: estudo de coorte. 2018 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021