Exportar registro bibliográfico


Metrics:

Construção social da demanda em saúde: como a oferta modela a demanda? (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: SOUZA, CAROLINA ROGEL DE - FSP
  • Unidade: FSP
  • Sigla do Departamento: HSP
  • DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-23042018-144939
  • Subjects: ACESSO AOS SERVIÇOS DE SAÚDE; ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE; NECESSIDADES E DEMANDA DE SERVIÇOS DE SAÚDE; COLETA DE DADOS; PESQUISA PARTICIPANTE
  • Keywords: Acolhimento
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Espera-se do serviço de saúde que reconheça e resolva, na medida do possível, os problemas de saúde da população. E da Atenção Básica (AB) esperamos que seja a captadora de boa parte das condições que afetam a saúde das pessoas. A proposição da Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), no Brasil, enuncia o "acesso universal" e a "atenção às necessidades de saúde" como parte dos fundamentos e diretrizes da AB, vendo-a como uma construção conjunta - trabalhador e usuário - de modo a produzir saúde dentro das instituições e pelo território que os circunda. OBJETIVO: O objetivo do trabalho é conhecer e analisar como a UBS/ESF reconhece e responde às necessidades demandadas pelos usuários e instituições presentes em seu território. MATERIAL E MÉTODOS: A metodologia utilizada para a coleta de dados foi a observação participante do cotidiano da unidade; visando o levantamento de dados a respeito da Unidade de Saúde escolhida e da constituição de seu território, a entrevista em profundidade e a produção de diário de campo. O local do estudo foram duas UBS/USF no município de São Paulo. Os sujeitos constituíram-se pelos profissionais do serviço de saúde e seus usuários. A forma de análise dos achados foi a hermenêutica-dialética, tendo em vista que o material produzido foi advindo de um conjunto de falas de diversos atores, em diferentes momentos, acerca de um mesmo tema. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Foi analisado o acolhimento à demanda espontânea em uma UBS, a forma como está organizado, os sentimentos que desperta nos trabalhadores e como interfere no fluxo de atendimento da unidade. São relatadas possibilidades de ampliação da escuta no encontro do usuário com trabalhador e como encontros podem ser totalmente técnicos e frios.Apresenta-se também os caminhos percorridos pelos usuários em busca de cuidado a partir de uma UBS, discute-se a integração da cidade com o cuidado prestado; as várias formas como o serviço é acessado e utilizado pelo usuário e a produção do cuidado realizada fora dos muros da unidade. Além disso a entrevista em profundidade apresentou dados sobre o percurso do usuário nos serviços como o desgaste durante a busca por cuidado; os exames diagnósticos como necessários para um bom cuidado e propostas para a organização da rede de serviços. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Repensar o modelo adotado, ampliar e democratizar a oferta de serviços e ações coordenadas pela cidade demanda mais tempo, organização e planejamento, mas pode, de fato, levar cuidado em saúde para o cotidiano das pessoas. Para tanto é necessário também discutir o lugar do serviço de saúde na sociedade capitalista e como o trabalho dos profissionais da saúde é recebido pela população e idealizado pelos trabalhadores. Os meios utilizados pelos trabalhadores no cuidar são vistos como mercadoria, disponibilizados pelo mercado, deixando à margem aqueles com menor poder aquisitivo. Uma outra clínica é necessária, e um outro arranjo de rede, que dê conta da infinidade de sensações e necessidades dos indivíduos.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 09.03.2018
  • Acesso à fonteDOI
    Informações sobre o DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-23042018-144939 (Fonte: oaDOI API)
    • Este periódico é de acesso aberto
    • Este artigo é de acesso aberto
    • URL de acesso aberto
    • Cor do Acesso Aberto: gold
    • Licença: cc-by-nc-sa

    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOUZA, Carolina Rogel de; BOTAZZO, Carlos. Construção social da demanda em saúde: como a oferta modela a demanda?. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-23042018-144939/pt-br.php > DOI: 10.11606/T.6.2018.tde-23042018-144939.
    • APA

      Souza, C. R. de, & Botazzo, C. (2018). Construção social da demanda em saúde: como a oferta modela a demanda?. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-23042018-144939/pt-br.php
    • NLM

      Souza CR de, Botazzo C. Construção social da demanda em saúde: como a oferta modela a demanda? [Internet]. 2018 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-23042018-144939/pt-br.php
    • Vancouver

      Souza CR de, Botazzo C. Construção social da demanda em saúde: como a oferta modela a demanda? [Internet]. 2018 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-23042018-144939/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021