Exportar registro bibliográfico

Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, LUDMILA BEZERRA DA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VPS
  • Subjects: MATRIZ EXTRACELULAR; COAGULAÇÃO
  • Keywords: <i>Leptospira</i>; <i>Leptospira</i>; Cascata de coagulação; Coagulation cascade; Extracellular matrix; Proteases; Proteases
  • Language: Português
  • Abstract: Leptospiras são bactérias espiroquetas altamente móveis dotadas de estratégias que possibilitam grande eficiência nos processos de invasão e disseminação no hospedeiro. Nosso grupo demonstrou previamente que leptospiras patogênicas secretam proteases capazes de clivar e inativar moléculas-chave do sistema complemento humano, o que confere a essas bactérias a capacidade de driblar os mecanismos de defesa do sistema imune inato. Dada a rápida disseminação das leptospiras durante o processo de infecção, aventou-se a hipótese de que essas proteases secretadas pudessem alvejar uma gama maior de moléculas do hospedeiro. No presente estudo, a atividade proteolítica de proteínas secretadas por leptospiras sobre um painel de moléculas da matriz extracelular e do plasma foi avaliada. O sobrenadante de cultura da estirpe virulenta L. interrogans sorovar Kennewicki Fromm degradou fibrinogênio humano, fibronectina plasmática, colágeno Tipo I, e as proteoglicanas decorina, biglicam e lumicam. A atividade proteolítica foi inibida por 1,10-fenantrolina, sugerindo o envolvimento de metaloproteases. Laminina, matrigel, plasminogênio e trombina não foram clivados por proteases presentes nos sobrenadantes. Ainda, os dados indicam que a produção de proteases deve ser um determinante de virulência importante, uma vez que os sobrenadantes de estirpes saprófitas ou patogênicas atenuadas em cultura não apresentaram atividade proteolítica sobre componentes da matriz ou do plasma. A análise dosgenomas de leptospiras disponíveis nos levou à identificação de quatro termolisinas, metaloproteases presentes apenas nas espécies patogênicas. Uma delas, codificada pele LIC13322, foi produzida na forma recombinante e apresentou atividade proteolítica sobre fibrinogênio, biglicam e decorina. Em paralelo, foram também realizadas análises comparativas dos exoproteomas das estirpes Fromm e Patoc I. Algumas metaloproteases que podem estar envolvidas na degradação de moléculas do hospedeiro foram identificadas. A capacidade de clivar moléculas do tecido conjuntivo e proteínas da cascata de coagulação pode certamente contribuir para a invasão e a destruição tecidual observadas durante a infecção por Leptospira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.09.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Ludmila Bezerra da; BARBOSA, Ângela Silva; FRAGA, Tatiana Rodrigues. Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-31012018-112506/ >.
    • APA

      Silva, L. B. da, Barbosa, Â. S., & Fraga, T. R. (2017). Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-31012018-112506/
    • NLM

      Silva LB da, Barbosa ÂS, Fraga TR. Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-31012018-112506/
    • Vancouver

      Silva LB da, Barbosa ÂS, Fraga TR. Identificação de proteases de Leptospira envolvidas na degradação de proteínas da matriz extracelular e do plasma humano [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/10/10134/tde-31012018-112506/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021