Exportar registro bibliográfico

O papel do corpúsculo carotídeo na insuficiência cardíaca induzida pela doxorrubicina (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: ARNOLD, ALEXANDRE JOSé TAVOLARI - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MCM
  • Subjects: CORPO CAROTÍDEO DE ANIMAL; HEMODINÂMICA; INSUFICIÊNCIA CARDÍACA ANIMAL; DENERVAÇÃO; RATOS WISTAR; FÁRMACOS (SISTEMA CARDIOVASCULAR)
  • Keywords: Carotid body; Células quimiorreceptoras; Chemoreceptor cells; Corpo carotídeo; Denervation; Doxorrubicina; Doxorubicin; Heart failure
  • Language: Português
  • Abstract: A insuficiência cardíaca (IC) é o estágio final de diversas patologias cardíacas e apresenta alta morbimortalidade. Dentre as causas, estão os efeitos cardiotóxicos em pacientes tratados com doxorrubicina (Dox). A fisiopatologia da IC apresenta aumento da atividade barorreflexa e marcada hiperatividade simpática (HS), estado compensatório à redução do débito cardíaco. Porém, a HS prolongada culmina em alterações deletérias para o sistema cardiovascular (SC) com piora do quadro de sintomas. Atualmente muito se discute sobre o papel dos corpúsculos carotídeos (CC) na fisiopatologia da IC devido ao seu reflexo simpatotônico e a melhora de pacientes portadores de IC após a remoção dos CC. O nosso objetivo foi avaliar a influência do CC na evolução da IC induzida pela DOX. Para tal, 35 ratos Wistar machos foram dispostos em 4 grupos: controle Salina (CSAL; n=7) e Controle Dox (CDOX; n=12), Desnervado Salina (DSAL; n=4) e Desnervado Doxo (DDOX; n=12). A desnervação consistiu na ressecção do nervo sinusal bilateral prévia à administração de Dox; a indução da IC ocorreu através de 6 aplicações de Dox, na dose de 2.5mg/kg, pela via IP a cada 4 dias. Após 15 dias do término da indução, os animais foram avaliados pelo ecocardiograma e canulados para registro de pressão arterial invasiva e avaliação hemodinâmica, autonômica, barorreflexa e quimiorreflexa. A análise dos resultados mostra que o grupo CDOX apresentou redução do peso corporal, da sensibilidade baro e quimiorreflexa, hiperatividade simpática acompanhada de redução vagal,redução da morfologia cardíaca associada à disfunção diastólica e sistólica e redução do peso bruto cardíaco e ventricular. A desnervação não foi capaz de reverter os efeitos deletérios causados pela Dox, inclusive a desnervação acentuou a disfunção diastólica e sistólica induzida pela Dox. Concluiu-se que a desnervação carotídea não foi eficiente em melhorar a insuficiência cardíaca induzida pela Dox no modelo experimental proposto
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.03.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARNOLD, Alexandre José Tavolari; CALDINI, Elia Tamaso Espin Garcia. O papel do corpúsculo carotídeo na insuficiência cardíaca induzida pela doxorrubicina. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-05062018-121228/ >.
    • APA

      Arnold, A. J. T., & Caldini, E. T. E. G. (2018). O papel do corpúsculo carotídeo na insuficiência cardíaca induzida pela doxorrubicina. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-05062018-121228/
    • NLM

      Arnold AJT, Caldini ETEG. O papel do corpúsculo carotídeo na insuficiência cardíaca induzida pela doxorrubicina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-05062018-121228/
    • Vancouver

      Arnold AJT, Caldini ETEG. O papel do corpúsculo carotídeo na insuficiência cardíaca induzida pela doxorrubicina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5160/tde-05062018-121228/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021