Exportar registro bibliográfico

Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina (2018)

  • Authors:
  • USP affiliated author: ASSING, ANDRéA CASTELO BRANCO BRASILEIRO - IEE
  • School: IEE
  • Subjects: LEITE; BIODIVERSIDADE; ECOLOGIA AGRÍCOLA
  • Keywords: Biodiversity Conservation; Conservação da Biodiversidade; Dairy Production; Ecosystem Services; Livelihood; Pequenos Produtores Rurais; Produção de Leite; Serviços Ecossistêmicos; Small farmers; Subsistência
  • Language: Inglês
  • Abstract: O desafio de equilibrar produção de alimentos, provisão de serviços ecossistêmicos (SEs) e conservação da biodiversidade evidencia a ruptura do sistema agroalimentar em vigor. Esta transição demanda uma transformação do sistema social-ecológico. Para isto, a substituição de práticas convencionais por práticas agroecológicas tem sido proposta, uma vez que estas geram SEs, do qual a agricultura e a vida humana são dependentes, e uma matriz permeável, que é indispensável para conservação da biodiversidade. Entretanto, a atividade de produção de alimentos também deve ser pensada no sentido de garantir a subsistência de pequenos produtores rurais, caso contrário, eles não apresentarão interesse em participar desta transição. Devido a isto, a presente tese tem por objetivo analisar a agroecologia como uma proposta para a subsistência de agricultores, a geração de SEs e contribuição na conservação da biodiversidade, integradamente. Para alcançar o objetivo proposto, foi selecionado um estudo de caso localizado em Santa Rosa de Lima (SRL), no estado de Santa Catarina (SC), em área de Mata Atlântica (MA), na região sul do Brasil. Este município possui vários produtores rurais associados à MA. A MA é globalmente reconhecida como um bioma prioritário para conservação da biodiversidade, devido a sua rica biodiversidade e estágio atual de degradação. Além do mais, o bioma oferece diversos SEs. A atividade de produção de leite tem sido recorrentemente referida como uma das principaiscausas de desmatamento de MA, por outro lado, esta atividade é de relevância para a economia do estado e subsistência de produtores rurais. Devido ao exposto, foi trazido para SC um sistema de produção de leite com potencial para ser agroecológico e de intensificação sustentável (IS), o sistema de Manejo Intensivo de Pastagem (MIP). A hipótese inicial consistia em que a implementação deste sistema tem o potencial de aumentar a lucratividade da atividade, reduzir a dependência de insumos externos à propriedade, gerar SEs e diminuir a pressão sobre os remanescentes florestais. Adicionalmente, através do aumento da taxa de estocagem e produção de leite, produtores podem estar aptos a separar terra, antes dedicada para a atividade, para conservação, sem sofrer perda econômica. Para analisar os resultados da implementação do MIP em SRL, como um sistema agroecológico com potencial para equilibrar metas econômicas e ecológicas, nós comparamos dados sociais, ecológicos e econômicos entre produtores que adotam MIP e produtores que adotam sistemas convencionais. Estes dados foram coletados através de entrevistas e um projeto contábil realizado na cidade durante um ano. Como primeiro resultado, nós diagnosticamos que o MIP está ainda em processo de tornar-se agroecológico. Entretanto, nós analisamos este processo de transformação através das lentes da teorias sociais. Em síntese, nossos resultados mostraram que o MIP é mais lucrativo, tem aumentado eficiência no uso da terra e temmostrado sinais de melhoras ambientais, mas ainda necessita progressos para tornar-se um sistema agroecológico e de intensificação sustentável. Este processo de transição já tem se iniciado em SRL, uma vez que, além de outras evidencias e as já mencionadas, MIP tem reduzido gradativamente o uso de insumos danosos ao ambiente, e produtores tem se apresentado mais inclinados a atender a legislação ambiental. Nossos resultados também indicaram aprendizagem social como indispensável, e capital financeiro como necessário ao fomento do processo de transformação. Para a introdução de ambos no processo, Ações Participativas e Pagamentos por Serviços Ecossistêmicos são entendidos como ferramentas adequadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.03.2018
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ASSING, Andréa Castelo Branco Brasileiro; SINISGALLI, Paulo Antonio de Almeida. Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-09042018-164354/ >.
    • APA

      Assing, A. C. B. B., & Sinisgalli, P. A. de A. (2018). Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-09042018-164354/
    • NLM

      Assing ACBB, Sinisgalli PA de A. Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-09042018-164354/
    • Vancouver

      Assing ACBB, Sinisgalli PA de A. Agroecology: a proposal for livelihood, ecosystem services provision and biodiversity conservation for small dairy farms in Santa Catarina [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/106/106132/tde-09042018-164354/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020