Exportar registro bibliográfico

Efeito da modificação da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum na inibição do biofilme de Candida albicans (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: SPEDO, CINDY RUIZ - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: SUPERFÍCIES; MATERIAIS DENTÁRIOS; PRÓTESE; BIOFILMES; CANDIDA ALBICANS; REEMBASADORES DE PRÓTESE; ESTOMATITE SOB PRÓTESE; ANTI-INFECCIOSOS
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar a efetividade in vitro da modificação superficial de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum sobre o biofilme de Candida albicans ao longo da vida útil desses produtos. Corpos de prova circulares (10 mm x 1 mm) do condicionador tecidual Coe-Comfort e reembasador macio temporário Coe-Soft foram superficialmente modificados pela aplicação de um primer indicado para melhorar a interface de união resina acrílica de base protética/material reembasador (Rite-Line) misturado ou não (controle) às concentrações inibitórias mínimas (CIMs) dos antimicrobianos testados: 0,100 g/mL para o extrato hidroetanólico de E. giganteum e 0,016 g/mL para o fármaco puro nistatina (grama de fármaco por mililitro de primer). Então, o biofilme de uma das cepas de C. albicans (SC 5314 e ATCC 90028) foi formado sobre as amostras nos períodos de 24 h, 7 ou 14 dias. Para a contagem das unidades formadoras de colônias (UFC/mL), a suspensão fúngica foi sequencialmente diluída e plaqueada em Agar Sabouraud Dextrose. Todos os procedimentos foram realizados em triplicatas. A efetividade do tratamento superficial dos materiais pelo fitoterápico foi expressa em porcentagem de inibição fúngica em relação ao controle (apenas primer sem fármaco). Os dados percentuais foram analisados estatisticamente por ANOVA 4 fatores, seguida pelo teste de Tukey (α=0,05). A inibição do biofilme fúngico não variou significativamente em função do tipo de material resiliente temporário ou cepa de C. albicans testada (P>0,05). Embora a nistatina tenha resultado em maiores porcentagens inibitórias médias nos períodos de 24 h (100%) e 7 dias (99,63%) em relação ao E. giganteum (24 h: 85,90%; 7 dias: 93,85%) (P<0,05),não houve diferença estatisticamente significante entre os fármacos ao final de 14 dias quando comparados ao controle (E. giganteum: 97,03%; nistatina: 99,99%) (P>0,05). Os resultados mostraram que o E. giganteum foi liberado de forma efetiva e gradual a partir da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese. Como consequência, a efetividade contra o biofilme de C. albicans foi mantida durante ao longo da vida útil desses materiais, que é semelhante ao período do tratamento convencional com antifúngico tópico para estomatite protética (14 dias), sugerindo que esse protocolo pode ser uma alternativa promissora aos fármacos alopáticos destinados a essa terapia.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.09.2017

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SPEDO, Cindy Ruiz; NEPPELENBROEK, Karin Hermana. Efeito da modificação da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum na inibição do biofilme de Candida albicans. 2017.Universidade de São Paulo, Bauru, 2017.
    • APA

      Spedo, C. R., & Neppelenbroek, K. H. (2017). Efeito da modificação da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum na inibição do biofilme de Candida albicans. Universidade de São Paulo, Bauru.
    • NLM

      Spedo CR, Neppelenbroek KH. Efeito da modificação da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum na inibição do biofilme de Candida albicans. 2017 ;
    • Vancouver

      Spedo CR, Neppelenbroek KH. Efeito da modificação da superfície de materiais resilientes temporários para base de prótese por Equisetum giganteum na inibição do biofilme de Candida albicans. 2017 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021