Exportar registro bibliográfico

A eficácia de um programa de treinamento auditivo temporal em crianças que apresentam erros ortográficos de caracterização surda-sonora (2018)

  • Authors:
  • Autor USP: PIRES, MAYRA MONTEIRO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MFT
  • Subjects: CRIANÇAS; PERCEPÇÃO AUDITIVA; ESTIMULAÇÃO AUDITIVA; POTENCIAL EVOCADO DE MÉDIA LATÊNCIA; AUDIÇÃO; TESTES AUDIOLÓGICOS; TRANSTORNOS DA LINGUAGEM
  • Keywords: Acoustic stimulation; Auditory perception; Child; Hearing; Language disorders; MMN evoked potential; Potencial evocado MMN
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Estudos sobre a produção da escrita infantil do português brasileiro (PB) demonstraram que um dos erros ortográficos mais frequentes na linguagem escrita são os erros de caracterização surda-sonora. Acredita-se que essas crianças podem apresentar alteração no processamento auditivo temporal que poderia desencadear dificuldades para a percepção de fonemas de característica semelhantes, ocasionando uma representação fonológica inadequada que não permite a associação fonema-grafema de forma correta. Sendo assim, um programa de treinamento auditivo temporal (PTAT) com base em atividades adaptadas do software Fast ForWord (FFW) foi proposto para a reabilitação de dificuldades relacionadas ao processamento auditivo temporal e associação fonema-grafema. Objetivo: Verificar a eficácia de um PTAT com atividades adaptadas do FFW na reabilitação das habilidades auditivas temporais e na redução de processos de erros ortográficos de caracterização surda-sonora em crianças que apresentam esse tipo de erro. Métodos: No presente estudo participaram 16 crianças na faixa etária de 10 a 12 anos. As crianças apresentaram erros ortográficos de caracterização surda-sonora e alteração em um dos testes de processamento auditivo temporal que foram utilizados na avaliação. Essas crianças foram divididas em dois grupos: um grupo experimental (GE) que realizou as atividades do PTAT e um grupo placebo (GP) que realizou um treinamento placebo (TP) com atividades visuais. Após a finalização doTP, as crianças do GP foram reavaliadas e inseridas no GE. As crianças de ambos os grupos foram submetidas a avaliações pré e pós-treino utilizando medidas comportamentais do processamento auditivo, a saber: Teste de Padrão de Frequência (TPF) para a habilidade auditiva de ordenação temporal, GIN (Gaps in Noise) para a habilidade auditiva de resolução temporal e Teste Temporal Progressivo (TTP) para verificar a percepção de diferentes intervalos inter-estímulos de forma rápida. Além disso, foi realizada a avaliação eletrofisiológica utilizando o Mismatch Negativity (MMN) com as sílabas /da/ e /ga/ e avaliação da escrita que foi realizada com um ditado em que foram avaliados os erros ortográficos de caracterização surda-sonora em relação à quantidade desses erros nos grafemas plosivos e fricativos, a frequência de ocorrência de erros nos mesmos grafemas e a quantidade de processos referentes à sonorização e dessonorização. Resultados: No presente estudo não foram encontradas diferenças estatisticamente significante para o GP entre a avaliação pré e pós-treino placebo em todas as medidas propostas de avaliação, enquanto para o GE foram encontradas diferenças estatisticamente significantes entre a avaliação pré e pós-treino em todos os testes comportamentais do processamento auditivo e na latência do MMN. Na avalição da escrita foram encontradas diferenças estaticamente significantes para a redução da quantidade dos erros ortográficos de caracterização surda-sonora nos grafemas fricativos, para afrequência de ocorrência de erros nos grafemas plosivos e fricativos e na quantidade de processos referentes à sonorização e dessonorização. Conclusões: O presente estudo demonstrou que houve eficácia do PTAT na reabilitação e aperfeiçoamento das habilidades auditivas de ordenação e resolução temporal e na percepção de menores intervalos inter-estímulos apresentados de forma rápida, assim como na latência das respostas do MMN e redução de processos de erros na escrita de crianças que apresentaram erros ortográficos de caracterização surda-sonora
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.02.2018
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIRES, Mayra Monteiro; SCHOCHAT, Eliane. A eficácia de um programa de treinamento auditivo temporal em crianças que apresentam erros ortográficos de caracterização surda-sonora. 2018.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-09052018-101058/ >.
    • APA

      Pires, M. M., & Schochat, E. (2018). A eficácia de um programa de treinamento auditivo temporal em crianças que apresentam erros ortográficos de caracterização surda-sonora. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-09052018-101058/
    • NLM

      Pires MM, Schochat E. A eficácia de um programa de treinamento auditivo temporal em crianças que apresentam erros ortográficos de caracterização surda-sonora [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-09052018-101058/
    • Vancouver

      Pires MM, Schochat E. A eficácia de um programa de treinamento auditivo temporal em crianças que apresentam erros ortográficos de caracterização surda-sonora [Internet]. 2018 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5170/tde-09052018-101058/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021