Exportar registro bibliográfico

Interação entre deficiência de ferro e estimulação tátil: avaliação ultraestrutural do nervo óptico de ratos wistar no período pós-natal precoce (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: BARBOSA, EVERTON HORIQUINI - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: PSICOBIOLOGIA; FERRO; ESTIMULAÇÃO TÁTIL; MORFOLOGIA (ANATOMIA); MORFOMETRIA; NERVO ÓPTICO; RATOS
  • Keywords: Deficiência de ferro; Ultraestrutura; Iron deficiency; Morphology; Morphometry; Optic Nerve; Rat; Tactile stimulation; Ultrastructure
  • Language: Português
  • Abstract: A deficiência de ferro é a carência nutricional mais frequente no mundo, sendo que a população de crianças é uma das que mais sofre com essa condição. E sabido que o desenvolvimento cerebral é determinado não apenas por um plano genético, mas sim por uma forte interação de fatores genéticos e ambientais. Evidências emergentes sugerem que a estimulação precoce pode oferecer grande eficácia terapêutica, uma vez que o cérebro é notavelmente responsivo a essa interação com o ambiente. Dado que a estimulação tátil (TS) tem sido previamente demonstrada ser uma abordagem terapêutica eficaz e com potencial aplicação em seres humanos, o objetivo deste estudo foi verificar se a exposição à estimulação tátil desde o dia pós-natal (P) 1 até P32 durante 3 min/dia, poderia ser utilizada para prevenir alterações estruturais do nervo óptico de ratos mantidos com uma dieta deficiente em ferro durante o desenvolvimento pós-natal. Foram utilizados 72 ratos machos recém-nascidos (Wistar), sendo que as ratas-lactantes foram mantidas com dieta isocalórica com 35mg/Fe por kg de ração (Grupo ANTS) ou com 4mg/Fe por kg de ração (Grupo DNTS) durante todo o período de lactação e os filhotes receberam a dieta de suas respectivas ratas-lactantes após o desmame (P22-32). Metade dos filhotes de cada grupo foi submetida à TS diária (Grupo ATS e DTS), durante todo o período experimental (P01-32). Foram realizadas análises estrutural e ultraestrutural, em 3 diferentes idades, para avaliar a integridade tecidual e também a fim de determinar se as mudanças observadas na citoarquitetura do nervo óptico foram significativamente diferentes entre os grupos e idades. Verificou-se que os animais mantidos com dieta deficiente em ferro apresentam baixo peso a partir do desmame, revelando uma curva de crescimento menos acentuada. A baixa concentração de hemoglobina e hematócritosindicam que esses animais sofreram com anemia severa em todos os períodos estudados. A análise ultraestrutural qualitativa mostrou que a deficiência de ferro imposta durante o período crítico do desenvolvimento leva a sérios danos as fibras das células ganglionares da retina, com efeitos sobre o envoltório de mielina que frequentemente apresentou afrouxamento lamelar e em idades mais avançadas foram encontradas degenerações mielínicas e axonais. A análise ultraestrutural quantitativa mostrou que a dieta deficiente em ferro leva a um atraso no processo de mielinização que pode ser parcialmente revertido pelo tratamento com estimulação tátil. Além disso, fica claro que as fibras de menor diâmetro são mais sensíveis às lesões geradas pela deficiência de ferro e também ao tratamento, enquanto que as fibras de maior diâmetro são afetadas de forma desproporcional tanto pela deficiência de ferro quanto pela estimulação tátil. As lesões sugerem que a transmissão dos sinais elétricos pode estar prejudicada, interferindo com as funções normais do sistema visual
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.11.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARBOSA, Everton Horiquini; LACHAT, João José. Interação entre deficiência de ferro e estimulação tátil: avaliação ultraestrutural do nervo óptico de ratos wistar no período pós-natal precoce. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-21052018-163829/ >.
    • APA

      Barbosa, E. H., & Lachat, J. J. (2017). Interação entre deficiência de ferro e estimulação tátil: avaliação ultraestrutural do nervo óptico de ratos wistar no período pós-natal precoce. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-21052018-163829/
    • NLM

      Barbosa EH, Lachat JJ. Interação entre deficiência de ferro e estimulação tátil: avaliação ultraestrutural do nervo óptico de ratos wistar no período pós-natal precoce [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-21052018-163829/
    • Vancouver

      Barbosa EH, Lachat JJ. Interação entre deficiência de ferro e estimulação tátil: avaliação ultraestrutural do nervo óptico de ratos wistar no período pós-natal precoce [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-21052018-163829/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020