Exportar registro bibliográfico

Casas de madeira e o potencial de produção no Brasil (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: ARAUJO, VICTOR ALMEIDA DE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: CASAS DE MADEIRA; POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Keywords: Entrevista face-a-face
  • Language: Português
  • Abstract: Este diagnóstico teve como objetivo desenvolver uma análise minuciosa do setor produtivo da habitação em madeira no Brasil, avaliando a sua atual situação, suas singularidades produtivas e seus produtos. Um formulário padrão dividido em três enfoques (produto, empresa e setor) foi aplicado aos empresários das empresas que produzem casas de madeira. Os dados foram coletados mediante a realização de entrevistas estruturadas face-a-face e reunidos para a avaliação em amostragem do setor brasileiro de casas de madeira em 2015, os quais foram organizados em dezesseis eixos. Paralelamente, a metodologia de buscas em websites corporativos permitiu a identificação de 210 produtores de casas de madeira no Brasil, um índice muito acima do que a literatura difundia até então, as quais foram estimadas devido à ausência de uma entidade de classe para o setor. Quinze técnicas construtivas em madeira foram identificadas como exemplos em oferta no Brasil. Na amostragem principal das entrevistas face-a-face, 107 empresas foram analisadas, apresentando uma margem de erro de 6,65%, isto é, ±3,325%. Verificou-se que o setor estudado ainda sofre com as seguintes dificuldades para a sua consolidação: desarticulação e desunião entre os produtores, oferta elevada de madeiras nativas, demanda de profissionais capacitados no ofício com a madeira e os seus derivados, escassez de financiamentos habitacionais, barreira cultural da população, baixa oferta de financiamentos voltados para a melhoria dasempresas, etc. Contudo, o setor também alcançou os seguintes resultados positivos: quantidade expressiva de produtores, portes compactos das empresas, elevada concentração de fábricas próprias e parcerias industriais, altas fixações de carbono e de dióxido de carbono, custos básicos de venda competitivos perante a alvenaria, ampla oferta de madeira exótica, tempos de produção integralmente mais eficientes que a alvenaria, pluralidade nas ofertas de padrão de acabamento para todas as classes sociais, entre outros. Espera-se que os resultados e as suas potencialidades apontadas auxiliem em novas discussões e estudos paralelos para incentivar o aprimoramento, expansão e consolidação do referido setor por meio de políticas públicas assertivas, mitigando suas falhas, dificuldades e demandas. Por fim, foram propostas as criações de entidades e comitês para representar e promover o setor
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ARAUJO, Victor Almeida de; GARCIA, José Nivaldo. Casas de madeira e o potencial de produção no Brasil. 2017.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-22032018-113405/ >.
    • APA

      Araujo, V. A. de, & Garcia, J. N. (2017). Casas de madeira e o potencial de produção no Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-22032018-113405/
    • NLM

      Araujo VA de, Garcia JN. Casas de madeira e o potencial de produção no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-22032018-113405/
    • Vancouver

      Araujo VA de, Garcia JN. Casas de madeira e o potencial de produção no Brasil [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-22032018-113405/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021