Exportar registro bibliográfico

Composição dos voláteis do pólen fermentado das abelhas Apis mellifera e de dieta proteica artificial fermentada com base em análises cromatográficas (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: DIAS, JOYCE MAYRA VOLPINI DE ALMEIDA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ENTOMOLOGIA; ABELHAS; PÓLEN; DIETA ANIMAL; PALINOLOGIA
  • Keywords: Apis mellifera; Beebread; Compostos voláteis; Dieta proteica fermentada; Palinologia; Regiões do Brasil; Volatiles; Bee bread; Brazil regions; Fermented protein diet
  • Language: Português
  • Abstract: As abelhas são consideradas os polinizadores mais importantes das culturas agrícolas ao redor do mundo e os mais efetivos. As necessidades nutricionais desses animais são atendidas através da coleta de néctar (transportado à colônia e armazenado nos favos) e pólen (consumido após a realização de processos fermentativos de microrganismos, denominando-se beebread ou pão de abelha). O beebread possui uma atratividade natural a essas abelhas. Com o desaparecimento das abelhas, pela falta de alimento disponível, entre outras causas, a alimentação suplementar auxilia apicultores na manutenção dessas colônias em períodos críticos, porém esses suplementos muitas vezes não possuem valor nutritivo adequado e fraca atratividade. Verificar assim quais os compostos voláteis presentes no beebread de diferentes regiões do Brasil e uma dieta fermentada a base desse pólen, faz-se hoje uma importante ferramenta para tentar elucidar o problema da atratividade. Foram feitas análises de atratividade, através de testes em túnel Y com duas dietas artificiais: uma dieta não fermentada e outra fermentada com o próprio beebread, durante quatro dias; análises cromatográficas, com beebread coletado de colônias de abelhas A. mellifera em: Ribeirão Preto/São Paulo; Mossoró/Rio Grande do Norte; Muzambinho/Minas Gerais; Porto Alegre/Rio Grande do Sul; análise polínica das amostras de beebread de todas as localidades. Os testes em túnel Y confirmaram que as abelhas são atraídas pelo cheiro da dietafermentada, sendo que quanto mais tempo permanecem sem alimentação proteica, mais rapidamente é a escolha do local onde se encontra a dieta fermentada. Já as análises químicas apontaram que tanto a dieta fermentada quanto o beebread coletado nas diferentes localidades possuem alguns compostos voláteis em comum, oriundos principalmente de fermentação: Acetoína, Ácido Acético e 2,3-Butanodiol. Sendo que a classe química que esteve mais presente foi a de terpenoides. A análise polínica das amostras de beebread confirmou os dados obtidos pela análise química. Nossos dados indicam a grande importância da gama de compostos encontrados no beebread e a presença daqueles que indicam a fermentação. Assim, saber qual desses compostos voláteis são atrativos às abelhas será fundamental para a liofilização dos mesmos e adicioná-los às rações proteicas artificiais, tornando-as mais palatáveis e atrativas para esses insetos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.11.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DIAS, Joyce Mayra Volpini de Almeida; JONG, David de. Composição dos voláteis do pólen fermentado das abelhas Apis mellifera e de dieta proteica artificial fermentada com base em análises cromatográficas. 2017.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-04012018-153014/ >.
    • APA

      Dias, J. M. V. de A., & Jong, D. de. (2017). Composição dos voláteis do pólen fermentado das abelhas Apis mellifera e de dieta proteica artificial fermentada com base em análises cromatográficas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-04012018-153014/
    • NLM

      Dias JMV de A, Jong D de. Composição dos voláteis do pólen fermentado das abelhas Apis mellifera e de dieta proteica artificial fermentada com base em análises cromatográficas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-04012018-153014/
    • Vancouver

      Dias JMV de A, Jong D de. Composição dos voláteis do pólen fermentado das abelhas Apis mellifera e de dieta proteica artificial fermentada com base em análises cromatográficas [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59131/tde-04012018-153014/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021