Exportar registro bibliográfico

Identificação de vírus respiratórios em lactentes internados com suspeita clínica de coqueluche (2017)

  • Authors:
  • Autor USP: FERRONATO, ANGELA ESPOSITO - FM
  • Unidade: FM
  • Sigla do Departamento: MPE
  • Subjects: CRIANÇAS; PACIENTES INTERNADOS; LACTENTES; COQUELUCHE; INFECÇÕES BACTERIANAS GRAM-POSITIVAS; VÍRUS; SINAIS E SINTOMAS
  • Keywords: Bordetella pertussis; Codetecção; Codetection; Signs and symptoms; Whooping cough
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: a coqueluche é uma doença causada pela Bordetella pertussis (BP), sendo mais frequente e grave em lactentes menores de um ano de idade. Com a introdução da vacina, houve redução na incidência mundial da doença, porém nos últimos 10 anos observa-se uma recrudescência. Pode apresentar-se de forma menos característica em lactentes, especialmente antes do final do esquema vacinal para o primeiro ano de vida. O quadro clínico, nesses pacientes, pode ser semelhante ao das infecções por vírus respiratórios (VR) que são os agentes etiológicos mais frequentes nas infecções de vias aéreas, nessa faixa etária. São necessários estudos que avaliem a importância da pesquisa de VR em lactentes com suspeita clínica de coqueluche. Objetivos: em lactentes com suspeita de coqueluche: identificar as prevalências de BP, VR e codetecções; analisar e comparar as características clínicas e a evolução, segundo a etiologia identificada e analisar o impacto do diagnóstico etiológico sobre o uso de macrolídeos. Métodos: estudo de coorte prospectivo, com crianças menores de um ano de idade, hospitalizadas com suspeita clínica de coqueluche entre junho de 2014 e junho de 2016 e submetidas à pesquisa etiológica para identificação de BP ("swab" de nasofaringe para cultura e/ou PCR) e pesquisa de VR (aspirado de nasofaringe para imunofluorescência indireta). Dados clínicos, demográficos e evolutivos foram coletados com o preenchimento de protocolo clínico-laboratorial padronizado. Resultados: no período de estudo foram analisados 59 lactentes.Em 18 (30,5%) houve identificação de BP, em 23 (39%) de algum vírus respiratório. Em quatro (7%), houve codetecção de BP e algum VR. O vírus mais frequentemente identificado foi o VSR (73%). As características com maior sensibilidade para o diagnóstico de infecção por BP foram tosse seguida de cianose e ser filho de mãe não vacinada com dTpa. Sibilos e desconforto respiratório apresentaram alta sensibilidade para a identificação de VR. Na análise bivariada apresentaram maior chance de infecção por BP: menor idade (OR = 1,86), ausência de febre (OR = 4,9), não ser vacinado para coqueluche (OR = 4,4), leucocitose superior a 20.000/mm3 (OR = 5,4), linfocitose superior a 10.000/mm3 (OR = 4,0) e de infecção por VR: sibilos (OR = 4,33). Após o ajuste para confundidores, os maiores preditores para BP de forma independente foram: ausência de sibilos (OR =5,7) e leucocitose superior a 20.000/mm3 (OR = 5,38). O número de pacientes com codetecção não permitiu a análise comparativa de gravidade com aqueles com agente único. Em apenas um paciente o resultado da pesquisa viral positiva resultou em suspensão de macrolídeo. Conclusão: além da BP, os VR também foram etiologias frequentes nos lactentes com suspeita clínica de coqueluche, além de casos de codetecção de BP e VR. Foram identificadas características clínicas/laboratoriais sugestivas, porém não patognomônicas das etiologias identificadas o que corrobora a necessidade da pesquisa etiológica para VR, nessa situação clínica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2017
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERRONATO, Angela Esposito; VIEIRA, Sandra Elisabete. Identificação de vírus respiratórios em lactentes internados com suspeita clínica de coqueluche. 2017.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2017. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-28032018-101026/ >.
    • APA

      Ferronato, A. E., & Vieira, S. E. (2017). Identificação de vírus respiratórios em lactentes internados com suspeita clínica de coqueluche. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-28032018-101026/
    • NLM

      Ferronato AE, Vieira SE. Identificação de vírus respiratórios em lactentes internados com suspeita clínica de coqueluche [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-28032018-101026/
    • Vancouver

      Ferronato AE, Vieira SE. Identificação de vírus respiratórios em lactentes internados com suspeita clínica de coqueluche [Internet]. 2017 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5141/tde-28032018-101026/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021